Palmas
24º
Araguaína
24º
Gurupi
24º
Porto Nacional
26º
AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA

Piloto flagrado com quase meia tonelada de cocaína em avião tem prisão preventiva decretada

08 janeiro 2024 - 19h31Por Da Redação

O piloto, Donizete Veríssimo Dias (54 anos), teve prisão preventiva decretada pela Justiça após ser flagrado transportando mais de 420 kg de cocaína em um avião que fez um pouso forçado em uma propriedade rural no município de Rio Sono, no Tocantins. 

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

A audiência de custódia do piloto aconteceu no final da tarde desta segunda-feira (08), quando a prisão foi convertida de flagrante para preventiva. A decisão foi do juiz de direito, William Trigilio da Silva.

De acordo com o magistrado, Donizete cumpria penas por outros crimes que somadas dão mais de 12 anos, sendo uma delas por tráfico de drogas e a decisão justificou que levando em consideração a reincidência é necessária a prisão preventiva para "garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal ou para assegurar a aplicação da lei penal. (...) Assim, a prisão do autuado faz-se necessária, haja vista que seu status libertatis poderá oferecer risco à paz social".

O FLAGRANTE

O avião monomotor pilotado por Donizete precisou fazer um pouso de emergência no sábado (06), em uma fazenda e a aeronave ficou bastante danificada. 

Uma denúncia anônima indicando que haviam drogas no interior do avião levaram a Polícia Militar a averiguar e constatar os fatos. Durante a ocorrência foram encontrados mais de R$ 420 kg de cocaína. 

À polícia, o piloto que é natural de Ponta Porã (MS), confessou que pegou a carga em Corumbá, no Mato Grosso do Sul (MS) e que o destino do entorpecente era uma propriedade rural de uma cidade do Tocantins. A polícia descobriu ainda que Donizete já havia sido preso por tráfico de drogas em outra ocasião.