Palmas
24º
Araguaína
22º
Gurupi
22º
Porto Nacional
23º
INQUÉRITO CONCLUÍDO

Piloto flagrado em avião carregado de cocaína vai responder por tráfico

23 janeiro 2024 - 08h12

O piloto de avião Donizete Veríssimo Dias, de 54 anos, preso após ser flagrado com cerca de 420 kg de cocaína na zona rural de Rio Sono, vai responder por tráfico de drogas. O inquérito foi concluído e o suspeito continua em preso.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

O caso aconteceu no dia 6 de janeiro deste ano. As drogas foram encontradas no avião depois que Donizete fez um pouso de emergência em uma fazenda do município. O avião do tipo monomotor teve parte da sua estrutura danificada na manobra.

O g1 não conseguiu contato com a defesa de Donizete.

De acordo com a Polícia Civil, a invesigação foi feita pela por equipes da1ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (DEIC - Palmas), da Polícia Federal, Polícia Militar (PM) e Polícia Penal, integram a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO).

Após a conclusão das circunstâncias do crime de tráfico, o inquérito foi enviado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público.

Relembre a prisão

Uma denúncia anônima levou a PM até o local onde Donizete fez o pouso forçado pro falta de combustível. O piloto, segundo a investição ainda acionou um sistema clandestino para abastecer em pleno voo. Ele teria tentado utilizar um galão com combustível, mas na hora não funcionou.

A aeronave estava lotada de tabletes de cocaína. De acordo com a polícia, os bancos foram retirados para caber a quase meia tonelada de entorpecentes.

Ele confessou que pegou a droga em Corumbá, no Mato Grosso do Sul (MS) e levaria até uma propriedade rural de uma cidade do Tocantins. Natural de Ponta Porã (MS), Donizete já já respondia por tráfico de drogas.

A prisão preventiva foi decretada no dia 8 de janeiro. Após ser preso, ele foi levado para a Casa de Prisão Provisória de Palmas. Toda a droga foi apreendida.

*G1 Tocantins