Palmas
32º
Araguaína
35º
Gurupi
34º
Porto Nacional
32º
EM ARAGUAÍNA

Polícia Civil prende segundo envolvido na morte de morador executado na porta de casa

17 novembro 2023 - 08h24

Um homem de 24 anos, investigado por envolvimento no homicídio de Aquiles dos Santos Arruda, ocorrido no último dia 6 de julho deste ano, em Araguaína, foi preso na cidade de Goiânia (GO), nesta quinta-feira, 16, após ação integrada realizada pela Polícia Civil do Tocantins, por meio da 2ª Divisão de Homicídios Proteção à Pessoa (DHPP - Araguaína) com apoio das forças policiais do Estado de Goiás.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

Conforme explica o delegado Breno Eduardo Campos Alves, responsável pelo caso, as investigações da 2ª DHPP apontaram que após o crime, o indivíduo de iniciais D.T.F teria fugido para a cidade de Goiânia, ao saber que era procurado por homicídio pela Polícia Civil do Tocantins.

“Tão logo fomos informados sobre o crime, iniciamos as investigações e descobrimos que a vítima havia sido morta por dois indivíduos, quando chegava em sua residência, sendo atingida por vários tiros. Esses indivíduos foram devidamente identificados”, disse a autoridade policial.

Prisões

Com base nas investigações, no dia 27 de junho, os policiais civis da 2ª DHPP, comandados pelo delegado Breno, efetuaram a captura de um um homem de 24 anos, que teria participado do crime contra Aquiles. Desde então, as diligências foram intensificadas, sendo que as equipes da unidade especializada conseguiram localizar o paradeiro do segundo indivíduo em Goiânia.

De posse da localização exata do homem, a 2ª DHPP compartilhou informação com as Forças de Segurança de Goiás, onde foi possível efetuar a captura do indivíduo, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal da cidade de Araguaína.

O homem foi conduzido até a Central de Flagrante de Goiânia e após os procedimentos legais cabíveis, recolhidos ao presídio da cidade, onde aguardará recambiamento para o Tocantins.

Com a prisão do segundo envolvido na morte de Aquiles dos Santos, o caso está completamente elucidado e o inquérito policial será remetido ao Poder Judiciário, com vistas ao Ministério Público para a realização das providências legais cabíveis.

“Trata-se de um crime gravíssimo onde um homem foi executado com nove tiros em frente a porta de sua casa. No entanto, a Polícia Civil do Tocantins, mais uma vez, por meio de um célebre trabalho investigativo, desvendou o crime, identificou e prendeu seus autores que agora, presos, deverão enfrentar as consequências de seus atos”, ponderou a autoridade policial.