Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
21ºmin
PAI É PROCURADO

Polícia investiga se incêndio em matagal foi provocado para matar criança

22 julho 2021 - 14h16Por Redação

O caso do bebê de 1 ano e 6 meses que foi resgatado em meio a um incêndio em um matagal na zona rural de Campos Lindos, está sendo investigado pela Polícia Civil. 

A polícia abriu um inquérito para apurar se o incêndio foi provocado para causar a morte da criança que foi encontrada e resgatada por militares que faziam ronda na região e escutaram o choro do menino. O pai da criança ainda não foi encontrado para explicar o que aconteceu naquela madrugada. 

A princípio a investigação atenta para o abandono de incapaz mas os rumos dessa história poderão mudar durante a apuração dos fatos. 

A polícia destacou em nota à imprensa que caso seja constatado que o incêndio tenha sido provocado com a intenção de causar a morte da criança, o responsável pode responder por tentativa de homicídio. 

Entenda o caso

O bebê foi encontrado por militares na madrugada do dia (18), em meio a um incêndio em um matagal próximo à casa do pai dele que segundo apurado pela polícia, teria levado a criança da casa da avó paterna, onde a mãe a deixou enquanto viajava para fazer um tratamento de saúde em Araguaína. O pai e a mãe do menino não vivem juntos. 

O homem levou o filho da residência sem autorização e no momento em que o bebê foi encontrado, ele estava sozinho e a casa com a porta aberta e sem ninguém dentro. 

O Conselho Tutelar de Campos Lindos acompanha o caso e informou que a criança está bem e foi para a casa da mãe em Filadélfia, onde continuará sendo acompanhada pelos conselheiros.

A polícia continua as investigações e o pai que já foi identificado continua sendo procurado. 

AO VIVO