Palmas
26º
Araguaína
24º
Gurupi
23º
Porto Nacional
27º
AÇÃO POLICIAL

Polícia localiza e prende na Bahia, homem condenado por tráfico

25 agosto 2022 - 14h41

Um homem de 53 anos, condenado pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, foi preso em ação conjunta da Polícia Civil do Tocantins e Polícia Militar do Estado da Bahia nesta quarta-feira, 24, no município de Barras (BA).

A ação foi realizada pela equipe de investigadores da 14ª Central de Atendimento da PC-TO, de Dianópolis, com apoio da Polícia Militar da cidade baiana e ocorreu em cumprimento a mandado de prisão preventiva decorrente de sentença condenatória, expedido pela Vara Criminal da Comarca do município do sudeste do Tocantins.

Segundo a autoridade policial responsável pelo caso, os investigadores da 14ª CAPC tomaram conhecimento da existência da ordem judicial em desfavor do condenado e passaram a realizar diligências visando a captura do mesmo. Porém, os policiais acabaram descobrindo que o indivíduo havia fugido para a Bahia.

Desse modo, as investigações foram intensificadas, sendo que os policiais civis de Dianópolis descobriram o local exato onde o homem se encontrava no município de Barras (BA). Após as diligências, os agentes policiais da PC-TO solicitaram apoio da PM do estado vizinho, e por meio de compartilhamento de informações, os policiais baianos localizaram o homem na tarde desta quarta, 24, e deram cumprimento ao mandado de prisão que estava em aberto.

No momento da abordagem, o condenado estava em um veículo, GM, modelo Ônix, de cor branca, que tinha restrição de roubo. Diante dos fatos, o homem, juntamente com o veículo foi conduzido até a Delegacia de Antão de Barras.

Na oportunidade, os policiais foram até a residência que era ocupada pelo homem e apreenderam um revólver, calibre 38 com seis munições intactas do mesmo calibre. Portanto, além de ser preso em cumprimento a mandado judicial, o indivíduo também foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma e receptação de veículo roubado. Após a realização das providências legais cabíveis, o condenado da justiça tocantinense foi recolhido ao presídio de Irecê (BA), onde aguardará recambiamento para o Tocantins.