Palmas
33º
Araguaína
34º
Gurupi
33º
Porto Nacional
33º
INQUÉRITO CONCLUÍDO

Policial militar do Pará é indiciado por adulteração de sinal identificador de veículo

28 maio 2024 - 10h13

A Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), por intermédio da 63ª Delegacia de Polícia de Paraíso do Tocantins, concluiu nesta segunda-feira, 27, o inquérito que apurava a suposta prática de um crime de adulteração de sinal identificador de veículo automotor e indiciou um homem de 32 anos, pelo crime. 

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

Conforme explica do delegado regional, José Lucas Melo, titular da 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Paraíso, o autor, que é policial militar do Estado do Pará, foi parado pela Polícia Rodoviária Federal em uma fiscalização de rotina, na BR-153, nas imediações da cidade de Paraíso do Tocantins, no fim do mês de abril do corrente ano, uma vez que o veículo que conduzia levantou suspeitas do agentes federais. 

Após minuciosa checagem, ficou constatado que as placas do veículo apresentavam indícios de adulteração. Desse modo, o homem foi detido e um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil para apurar os fatos. Após exames periciais, restou comprovado que as placas eram, de fato, adulteradas. 

“Ao ser ouvido, o autor alegou que queria apenas se preservar, porém a fraude feita por ele apenas ludibriava a fiscalização eletrônica de câmeras e radares”, ressaltou o delegado José Lucas. Diante dos fatos, o homem foi indiciado pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo automotor e, se condenado, pode pegar uma pena de até seis anos de reclusão.