Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
19ºmin
VIOLENTO

Mulher se recusa a reatar casamento e homem incendeia casa do ex-sogro

24 outubro 2019 - 08h44

Um homem de 31 anos foi preso por ser suspeito de colocar fogo em três residências de propriedade de seu ex-sogro, na zona rural do município de Dois Irmãos. Ele foi preso mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, nesta quarta-feira, 23.

De acordo com o delegado Clecyws Antônio de Castro Alves, responsável pelo caso, o crime teria sido motivado pelo fato de que a ex-companheira do investigado teria rompido o relacionamento há cerca de um mês, porém o suspeito não se conformava com o fim da união e passou a ameaçar a vítima, inclusive marcando prazo para que ela retornasse para a residência que os dois compartilhavam.

No entanto, como a mulher se recusou a voltar para casa, há aproximadamente 15 dias, o suspeito foi até uma fazenda de propriedade da família dela e ateou fogo em duas residências e em um barracão de fazer farinha e fugiu em seguida.

Os  policiais civis da Delegacia de Dois Irmãos, com apoio da Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM), de Miracema começaram as investigações, as quais apontaram o suspeito como autor do crime.

A autoridade policial representou, junto ao Poder Judiciário, pela prisão do suspeito, a qual foi deferida e cumprida, nesta quarta-feira, quando os policiais civis montaram uma força-tarefa e conseguiram localizar o paradeiro, bem como efetuar a prisão do suspeito que se encontrava em uma residência, localizado no projeto de assentamento Salomira, zona rural de Dois Irmãos.

Ainda conforme o delegado Clecyws, trata-se de um indivíduo de alta periculosidade que, inclusive já possui condenação por lesão corporal gravíssima praticada contra outra mulher. “Há cerca de oito anos, o indivíduo já havia tentado matar sua primeira esposa, da qual estava separado, mas também não aceitava o fim do relacionamento e, desta maneira, quando encontrou a mulher junto com outra pessoa, desferiu vários golpes de faca contra ela que ficou gravemente ferida, mas conseguiu se recuperar. Desde, então, o homem fugiu para o Mato Grosso, onde foi localizado e preso, sendo condenado a uma pena de quatro anos de reclusão, pelo crime cometido em Dois Irmãos”, disse o delegado.

O suspeito cumpriu parte da pena no estado vizinho e, posteriormente, foi transferido para o Tocantins, onde ficou recolhido na Cadeia Pública de Miranorte, por mais dois anos. Há poucos meses, o homem foi colocado em liberdade e passou novamente a viver em Dois Irmãos, onde iniciou um novo relacionamento.

Após ser preso, o indivíduo foi encaminhado à Cadeia Pública de Miranorte, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

 

AO VIVO