Menu
Busca sábado, 24 de julho de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
19ºmin
SUL DO ESTADO

Troca de tiros entre polícia e assaltantes termina em morte no Tocantins

12 julho 2021 - 13h09Por Redação

Um troca de tiros entre policiais militares e uma quadrilha de assaltantes terminou em morte na manhã desta segunda-feira (12), em Gurupi no Sul do Tocantins. 

Segundo informações preliminares, por volta das 6h10 de hoje, quatro homens armados invadiram e assaltaram um supermercado no centro da cidade e fugiram logo em seguida em um carro prata. 

A Polícia Militar foi acionada e iniciou as buscas pelos criminosos. Durante patrulhamento no setor João Lisboa da Cruz, policiais viram um veículo com as mesmas características. Eles se aproximaram e ordenaram que o veículo parasse para que uma abordagem fosse realizada, mas, segundo a PM, os suspeitos não obedeceram e enquanto o motorista empreendia fuga, os outros ocupantes efetuavam disparos na direção dos policiais que solicitaram apoio de outras viaturas para realizar o cerco contra os bandidos. 

Quando os suspeitos chegaram em uma rua sem saída, no Bairro Pedroso, colidiram com uma cisterna, momento em que de acordo com a polícia, os ocupantes desceram do carro e continuaram a fuga à pé, atirando contra os PMs que revidaram a agressão.

Durante a troca de tiros, um dos suspeitos foi baleado e os demais conseguira escapar. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas o suspeito não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Segundo a PM, contra o homem morto tinha um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas e era considerado foragido da Justiça. Com ele foi encontrado, dinheiro e uma arma de fogo calibre 32, com seis cartuchos deflagrados. O material foi recolhido pela perícia técnica.

A polícia também apreendeu o carro usado na fuga. O veículo estava com a placa falsa FQJ-8I39. Os policiais identificaram que ele foi roubado em Urbelândia (MG) em outubro de 2020.

A PM informou que continua as buscas pelos demais suspeitos mas até o fechamento desta matéria, ninguém foi preso. 

A ocorrência foi registrada e o caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

AO VIVO