Palmas
31º
Araguaína
34º
Gurupi
34º
Porto Nacional
32º
CONQUISTA PARA CLASSE

Deputado Marcus Marcelo comemora anúncio da revisão do PCCR da Educação

27 dezembro 2023 - 08h26

O deputado estadual Marcus Marcelo (PL) comemorou o anúncio da revisão do PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) dos profissionais da Educação do Tocantins feito na tarde desta sexta-feira, 22, pelo secretário Fábio Vaz. De acordo com o parlamentar, o compromisso havia sido firmado durante audiência realizada com o governador Wanderlei Barbosa e o presidente do Sintet (Sindicato dos Trabalhadores da Educação), José Roque, no Palácio Araguaia, no final das atividades legislativas, para que a matéria fosse votada já no início do ano legislativo de 2024.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

Para o parlamentar, a oficialização do compromisso é uma grande conquista para a classe. “O anúncio oficial da revisão do PCCR da Educação é um grande presente de Natal para a classe, já que viemos lutando por isso há mais de 10 anos. A revisão vai impactar diretamente na valorização dos servidores”, destacou Marcus Marcelo.

Pedido em regime de urgência em março deste ano, o requerimento do deputado Marcus Marcelo aponta que, atualmente, o profissional da Educação do Tocantins tem 8,21% de progressão vertical, muito abaixo do que recebem outras categorias para o mesmo nível de cargo.

Defasagem

O pedido do deputado aponta a defasagem das progressões da categoria, já que o atual plano não tem atualização desde 2014.
“Fico imensamente feliz com a sensibilidade do Governo do Estado a um pleito tão justo, que beneficiará e assegurará os direitos que lhes são devidos, em virtude da importância incontestável desses profissionais para o desenvolvimento das atividades nas instituições de ensino do Estado”, agradeceu o deputado. 

Anúncio

O secretário de Educação do Estado, Fábio Vaz, anunciou no vídeo divulgado nas redes sociais que as correções serão para rever os valores. “Em 2024 faremos a revisão do PCCR para corrigir distorções que não condizem com a dedicação e o empenho dos profissionais da educação, tão importantes para o nosso Estado”.

O presidente do Sintet, José Roque, disse que o anúncio reafirma o compromisso feito durante a reunião com o governador. “Saímos de lá com esse compromisso para um estudo já para janeiro e isso representa uma melhoria daquele instrumento que eleva a nossa categoria”

Educação atraente

A Educação, segundo o requerimento do deputado Marcus Marcelo, tem a pior remuneração se comparado a outros níveis com a mesma formação. A revisão do plano prevê, além de organizar a vida funcional da categoria, promover a qualidade da educação e atrair bons profissionais, revertendo o crescente desinteresse, especialmente dos jovens, em seguir a carreira de professor.

*Assessoria