Palmas
37ºmax
19ºmin
POLÍTICA

Luxemburgo diz que convenção do PSB é ilegítima e que vai à Justiça: “Foi a coisa mais feia que já vi: ditatorial e irresponsável”

05 agosto 2022 - 17h11Por Cleber Toledo

O técnico de futebol e empresário Vanderlei Luxemburgo afirmou à Coluna do CT que considera ilegítima a convenção do PSB que decidiu nesta sexta-feira, 5, pela candidatura do presidente regional do partido, Carlos Amastha, ao Senado. “Foi a coisa mais feia que já vi: ditatorial, truculenta, violenta e irresponsável”, disparou o pré-candidato a senador, após disputa interna com Amastha.

Sem qualquer critério

Ele disse que não foi aberto o debate de ideias e se fez a votação sem qualquer critério. “O Adir [Gentil] abriu a votação e já aclamou a vitória de Amastha, sem sequer contar os votos presenciais e virtuais”, criticou Luxemburgo.

Na Justiça

Ele contou já ter falado com seus advogados e que vai entrar na Justiça pedindo a suspensão da convenção. “A forma truculenta e constrangedora como foi feita mancha a imagem do partido nacionalmente”, lamentou.

Ata será fechada às 14h

O PSB diz que vai fechar a ata da convenção às 14 horas, com a indicação de Amastha para o Senado. O presidente regional ainda terá carta branca para definir a aliança com candidato a governador. A conversa está mais avançada com Ronaldo Dimas (PL).

Confira vídeo do protesto de Luxemburgo: