Palmas
25º
Araguaína
24º
Gurupi
25º
Porto Nacional
27º
PALMAS

Prefeita Cinthia exonera centenas de servidores em retaliação a vereadores após eleição na Câmara

04 julho 2022 - 16h42Por Cleber Toledo

A eleição da mesa diretora da Câmara de Palmas, na quinta-feira, 30, resultou na exoneração ou rescisão de contrato de nada menos do que 378 pessoas, de médico a serviços gerais. Foi como a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), reagiu contra os vereadores que não votaram em seu candidato, o presidente eleito do Legislativo da Capital, José do Lago Folha Filho (PSDB), que saiu vitorioso com apenas um voto de frente, na disputa com o veterano Jucelino Rodrigues (PSDB).

Os vereadores

Todos os dispensados pela prefeita são indicações dos vereadores que não votaram em Folha — Mauro Lacerda (PSB), Laudecy Coimbra (SD), que chegou a fazer discurso no dia da eleição e entregou o cargo de líder; Joatan Silva de Jesus (Cidadania) e Waldson da Agesp (PSDB). “Muita gente chorando, de cortar o coração”, contou um servidor à Coluna do CT.

Jucelino também

Bem antes dessas exonerações ocorreram outras, as dos indicados por Jucelino, depois que insistiu em manter sua candidatura.

Tanta maldade, reage Neris

Um dos que reagiram foi o ex-vereador Milton Neris (PTB), ex-aliado que Cinthia fez de adversário ao atacá-lo em redes sociais. “Será que uma pessoa cristã ou criada com dificuldade pra alcançar seus sonhos, consegue dormir tranquila, cometendo uma barbaridade dessa contra pessoas humildes?”, questionou ele em mensagem a seus contatos no WhatsApp. “Provavelmente deram um voto de confiança na gestão e não fizeram nada para merecer ser vítimas de tanta maldade! Que mundo estamos vivendo? A justiça de Deus é certa e ninguém escapa!”