segunda, 04 de julho de 2022
(63) 99958-5851
Araguaína
33ºmax
19ºmin
NA TRIBUNA

Professor Júnior Geo diz que má gestão do Estado causou grande evasão escolar

22 junho 2022 - 15h16Por Ascom

O deputado estadual Professor Júnior Geo (PSC) afirmou que a má gestão e a ausência dela trouxeram péssimos resultados para a educação no Estado do Tocantins. Além de um saldo negativo de 21 escolas estaduais fechadas e o encerramento de convênio com outras seis escolas, o parlamentar ressaltou que o governo ainda causou a evasão de 1.500 alunos do Centro de Ensino Médio de Tempo Integral Santa Rita de Cássia, localizado no Jardim Aureny I, em Palmas.

Evasão

“Eu conheço a referida escola que é antiga e tradicional da região Sul de Palmas. Ela já teve mais de 1.800 alunos e atualmente conta com cerca de 300 alunos. Essa evasão ocorreu quando o governador passado transformou a escola em tempo integral, sem nenhuma consulta pública e sem nenhum planejamento ou adaptações necessárias, fazendo com que aqueles alunos que trabalhavam fora para complementar a renda familiar fossem obrigados a se retirar” – lamentou Geo, acrescentando que, a transformação da escola em tempo integral aconteceu apenas para que o Estado recebesse mais recursos do governo federal.

Rever

Preocupado com a evasão e com o futuro dos alunos, o deputado Professor Júnior Geo disse que procurou o secretário de Estado da Educação, Fábio Pereira Vaz, para reavaliar o caso do Centro de Ensino Médio de Tempo Integral Santa Rita de Cássia que era uma escola importante na vida dos jovens que moram nos Aurenys. “Fecha-se uma escola, abre-se um presídio” – protestou o professor.

Audiência Pública

Júnior Geo convidou a comunidade para participar de uma audiência pública que será realizada na referida escola, no próximo dia 24 de junho, às 19 horas. A iniciativa é do Ministério Público Estadual (MPE) que vai discutir acerca do ensino médio em tempo integral e a violência nas escolas.

“Convido a todos da comunidade para discutirmos junto essa questão e rever a situação do Centro de Ensino Médio de Tempo Integral Santa Rita de Cássia. Precisamos encontrar a solução” – afirma o deputado.