Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
23ºmin
NORTE DO ESTADO

Wagner e deputados pedem recursos para construção de viadutos e duplicação da BR-153 em Araguaína

16 junho 2021 - 10h08

“Como a rodovia é de jurisdição do Dnit, somente o próprio órgão pode fazer essas intervenções. E o Dnit já tem um estudo de viabilidade que detectou as demandas para melhoria desse trecho, mas não tem os recursos para elaboração dos projetos. Então, nós viemos fazer um apelo conjunto ao ministro para que ele determine, dentro do orçamento do seu ministério, que R$ 2 milhões sejam designados para elaborar esses projetos. Desta forma, teremos uma solução definitiva para os problemas das travessias urbanas em Araguaína”, concluiu Wagner.
 
Além dos viadutos, Wagner aponta ainda a necessidade de estender a duplicação para mais 2,8 quilômetros ao norte, no trecho que vai do Setor Barros até o trevo de acesso à Faculdade de Medicina Veterinária da UFT; e também ao sul, ampliando a duplicação da entrada do Aeroporto até o Setor Pontes, alcançando, com isso, toda a área de acesso ao Distrito Agroindustrial (Daiara).

Ampliando a duplicação
 
No documento entregue ao ministro, o prefeito explicou que Araguaína vem passando por uma revolucionária transformação econômica e social e, com isso, aumentou significativamente o fluxo de veículos de passeio e de carga que precisam cruzar a rodovia e acessar novos bairros, ao longo de todo o perímetro urbano. Segundo ele, mesmo já estando duplicada em grande parte, a rodovia precisa de novas intervenções, com a construção de mais dois viadutos: um na intersecção com a Avenida Filadélfia e outro na intersecção com a Avenida Cônego João Lima.
 
Brasília – Em reunião com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, nessa terça-feira, 15, em Brasília, o prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, e os deputados Tiago Dimas e Vicentinho Jr. solicitaram a destinação de R$ 2 milhões do Orçamento da União para projetos de melhoria das travessias urbanas em Araguaína. O pedido revela, sobretudo, uma preocupação das lideranças políticas regionais com a redução dos chamados “pontos críticos” no perímetro urbano da rodovia BR-153 e o alto número de acidentes.

AO VIVO