Palmas
29º
Araguaína
30º
Gurupi
28º
Porto Nacional
28º
COLUNA

Vitrine Cultural

por Dágila Sabóia
REVIRAVOLTA!

Com liminar derrubada, Manu Bahtidão sobe ao palco e canta para milhares de pessoas

14 novembro 2023 - 06h43Por Da Redação

Após decisão liminar da justiça de suspender o show da cantora Manu bahtidão, horas antes da apresentação da cantora no palco montado na Arena da Avenida Filadélfia, uma decisão liminar marcou a reviravolta da notícia que repercutiu na cidade. 

Pouco antes da apresentação, o influencer Francisco Garcia que veio de Balsas (MA) para assistir ao show da amiga, gravou em seus stories a chegada da artista no hotel e perguntou se haveria show e Manu respondeu: - Claro! Tu acha que eu ia te convidar para um show em Araguaína e eu ia passar a vergonha de não fazer esse show?".

O show da cantora era um dos mais aguardados da festa que comemora os 65 anos de Araguaína. Manu Bahtidão subiu ao palco e abriu o espetáculo musical embalando a multidão com seu sucesso que está entre as músicas mais tocadas em todo o país: "Daqui pra Sempre". 

Liminar Derrubada

O Governo do Estado conseguiu junto ao Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), uma decisão judicial autorizando a apresentação da artista na cidade.

A desembargadora Ângela Maria Prudente, plantonista do TJTO, acatou o recurso do Governo do Estado e liberou o show da cantora.

"DEFIRO PARCIALMENTE a tutela recursal para suspender os efeitos da decisão objurgada em relação à proibição da realização do respectivo evento artístico, mantendo, contudo, a obrigação do requerido/agravante na fiscalização do acesso de crianças e adolescentes em desacordo as regras legais", diz a decisão da desembargadora, proferida às 1h21 da madrugada.

Sucesso de público, o evento levou milhares de pessoas para assistir aos shows programados para essa segunda-feira (13), na estrutura montada na Via Lago.

Entenda a polêmica

Horas antes de Manu Bahtidão se apresentar, uma decisão judicial emitida 21h18 de segunda-feira (13/11), determinou a imediata suspensão do show em Araguaína, que faz parte da programação do Governo do Estado para o aniversário da cidade. O juiz plantonista Álvaro Nascimento Cunha acatou um pedido do Ministério Público do Tocantins (MPTO) que por meio da Promotoria da Infância e Juventude, que argumentou que o show tem conteúdo inadequado para menores de idade.

Rapidamente, o secretário de Estado da Comunicação, Márcio Rocha, expressou surpresa com a decisão e anunciou que o Estado estava preparando um recurso ao Tribunal de Justiça (TJTO) para liberar o show. Ele destacou a estranheza da decisão após as 21 horas, considerando que muitos espectadores já se deslocaram de outras cidades para assistir ao evento.

O magistrado, embora admitindo desconhecer a artista, justificou a decisão após assistir a alguns vídeos da mesma, afirmando que a apresentação contém coreografias e linguajar inadequados para crianças e adolescentes, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente. Ele ressaltou a falta de um local adequado para o evento em Araguaína e a impossibilidade de proibir apenas a entrada de menores.

O juiz ainda lamentou a falta de critérios na seleção de eventos e questionou a demora em tomar providências.