Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
24ºmin
LUTO E SOLIDARIEDADE

Família de atriz que morreu vítima de doença rara autoriza doação de órgãos

23 junho 2021 - 10h56Por Meio Norte/Com informações da Revista Quem

A família da atriz Mabel Calzolari - que após quase dois anos lutando contra a aracnoidite torácica, doença rara que atinge a medula, e que teve morte cerebral confirmada na terça-feira (22) depois de 10 dias de internação no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, no Rio - autorizou a retirada dos órgãos da jovem para doação. 

A atriz Monique Curi, que vinha dando apoio à atriz, conversou com a revista Quem depois do anúncio da morte e explicou que a jovem, de apenas 21 anos, sofreu paradas respiratória e cardíaca nos últimos dias. Mabel deixa um filho, Nicolas, de um ano e onze meses, da relação com o ator João Fernandes.

"Na sexta passada, durante uma convulsão, a Mabel teve uma parada respiratória e precisou ser intubada. No dia seguinte, teve uma parada cardíaca que durou 12 minutos e a situação complicou muito, já que a falta de oxigenação acabou ocasionando danos sérios ao cérebro. No domingo (20), era dia de visita e fui com a Silvinha [mãe de Mabel] e o João [Fernandes] visitá-la. Só a Silvinha pôde vê-la e os médicos informaram que ela não estava respondendo aos estímulos, explicaram que a parada cardíaca tinha afetado o cérebro", disse Monique sobre a jovem, que esteve na novela Orgulho e Paixão, da TV Globo, em 2018.

Monique explicou que, na segunda (21), a família foi chamada ao hospital. "Chegando lá, eles avisaram que ela poderia estar em morte cerebral, mas não podiam afirmar sem antes fazer todos os exames. À noite, eles pararam de sedá-la e começaram a fazer os testes e ela não respondia a mais nada. Na terça, foi confirmada a morte cerebral. Ela já tinha esboçado o desejo de doar os órgãos. Então fizeram o teste de Covid-19, o resultado foi inconclusivo e eles vão fazer outro teste. Se der negativo, ela poderá doar. A mãe dela decidiu que vai doar. Achei um gesto muito bonito. Agora a Silvinha está aguardando o pessoal da central de doação de órgãos ligar para dar continuidade ao protocolo de doação", afirmou.

Mabel Calzolari no nascimento do filho, Nicolas (Foto: Reprodução/Instagram)

Monique contou que providenciará todos os detalhes de velório e enterro da atriz. "Farei tudo. A Tata Werneck também ligou oferecendo ajuda. Aliás, a Tata sempre foi maravilhosa com a Mabel. Além de postar no Instagram pedidos de ajuda para ela, ficou amiga e deu todo apoio de afeto a ela. Além da ajuda material, a Tata foi um suporte emocional incrível para a Mabel. Ela foi muito maravilhosa", elogiou. 

A doença

Monique contou que Mabel lutava para não ficar tetraplégica. "Só que de uma semana para cá, a situação piorou e ninguém mais sabia o que ela tinha. Ela tinha aracnoidite torácica, que é uma inflamação que vai enchendo a coluna de cistos. Ela fez uma primeira cirurgia em um hospital particular, quando ainda estava com o João, e estava melhorando. Mas no final do ano passado, os sintomas voltaram e ela começou a ter muitas dores nas costas e ficou sem sentir as pernas. Foi internada no Hospital Municipal Miguel Couto e a equipe era muito boa. De dezembro do ano passado até maio deste ano, ela fez nove cirurgias. As cicatrizes já não fechavam mais, eram buracos", descreveu.

João Fernandes e Mabel Calzolari (Foto: Reprodução/Instagram)

 

Ajuda com vaquinhas

Monique contou que Nicolas, filho de Mabel, vai ficar com o pai. "Ele vai morar com o João, que é um pai maravilhoso. E a Silvinha falou que vai se instalar de vez no Rio para ficar perto do neto, para que o Nicolas tenha uma referência da mãe. Pelo menos ele é um pedacinho da Mabel. A Silvinha é cabeleireira e vai arrumar um emprego. E a vaquinha que eu tinha criado para o tratamento da Mabel vai ser toda para a Silvinha, que ficou um ano sem fazer nada, só cuidando da filha. Arrecadamos 56 mil reais e hoje tem disponível 23 mil. As duas usaram só para despesas médicas e do dia a dia. Elas moravam de aluguel na casa de uma senhorinha, atrás do Projac", afirmou.

Abalada, Monique lembrou como conheceu Mabel e se apaixonou pela atriz. "Entrevistei a Mabel no meu programa no YouTube e me encantei pela força dela. Tenho uma filha quase da idade da Mabel, a Vitória, que tem 18 anos. Quando vi a Mabel, enxerguei a minha filha nela. Então faço por ela e pela Silvinha o que gostaria que fizessem por mim e pela minha filha. E naquele momento não tinha ninguém para fazer por elas", disse.

 

AO VIVO