Menu
Busca segunda, 06 de abril de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
DESTAQUES

Secretário de Ação Social rebate críticas do vereador Jorge Frederico

15 agosto 2011 - 11h15

Daniel Werneck
Da Redação

 

O vereador Jorge Frederico (PMDB) fez pesadas críticas ao trabalho desenvolvido pela Secretaria Desenvolvimento Social e Habitação do município, que tem como gestor Jota Patrocínio. Para o vereador falta “transparência” na administração da Secretaria. (veja matéria na íntegra).

Em entrevista concedida ao Portal O Norte, Jota Patrocínio afirmou que as críticas do vereador não correspondem à verdade. “Coloco-me à disposição da Câmara de Vereadores e população para esclarecer qualquer assunto relacionado às ações da pasta", rebateu Patrocínio.

Sobre as críticas
O secretário disse que, apesar de respeitar a opinião de Jorge Frederico, acha equivocadas as declarações feitas pelo vereador. Segundo Jota Patrocínio, a Secretaria tem realizado diversos programas sociais, entre eles, a Casa de Acolhimento para menores, CREAS - Centros de Referência Especializado em Assistência Social, Bolsa Família, PET - Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, Casas Populares e outros.

Falta de Transparência
De acordo com Jota, a Secretaria age com responsabilidade e transparência. “Não vejo que não haja transparência, pelo contrário, os atos da Secretaria são sempre transparentes,” declara o secretário.

Jota lembra ainda que em 2009 foi acusado de autopromoção ao divulgar material informativo sobre as ações realizadas pela pasta: “Fomos alvos de críticas ao divulgarmos nossas ações, agora somos acusados de falta de transparência?” questiona.

Patrocínio comenta também sobre algumas das principais atividades executadas pela pasta, ressaltando que a secretaria busca trabalhar de forma eficiente para amenizar problemas sociais na cidade.

Casa Abrigo
Sobre a implantação da Casa Abrigo, o secretário ressalta que Araguaína enfrenta uma questão séria que é o problema dos moradores de rua. Patrocínio adiantou que já está em estudo a construção da Casa Abrigo. Mas, de acordo com o secretário, o município tem encaminhado alguns destes moradores de rua às suas respectivas famílias ou cidades de origem.

Menores abandonados
Sobre as crianças abandonadas que vivem nas ruas, Jota Patrocínio afirmou que a Prefeitura dispõe de uma casa de apoio para atender a estes menores abandonados, que é a Casa de Acolhimento Ana Carolina.

Famílias Desabrigadas
Com relação às famílias desalojadas no município, Jota afirma que a Secretaria, após visita, as encaminha para programas sociais.

No caso que foi mostrado em recente reportagem pela nossa equipe da família que mora na quadra de esportes do ginásio do setor Noroeste, Jota garantiu que vai acompanhar o caso.

Casas Populares
A Caixa Econômica Federal vai entregar em breve 930 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida. A previsão é que as unidades habitacionais devem ser entregues no próximo mês.

As casas populares estão sendo construídas próximo ao estádio Mirandão, às margens da BR 153. Das doze mil famílias cadastradas, menos de mil serão beneficiadas com as novas unidades habitacionais.



AO VIVO