Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
21ºmin
ENTREVISTA

Eleito com Ensino Fundamental, Gipão conquista diploma universitário

15 dezembro 2011 - 08h37

Dágila Sabóia e Tony Veras
Da Redação


Exemplo de superação, político eleito com ensino fundamental conquista onze anos depois, diploma universitário
O Portal O Norte hoje entrevista Aldair da Costa (PR), vereador araguainense que está em seu terceiro mandato e é exemplo de determinação e superação.

Filho dos mineiros, José Modesto de Souza (Zé mineiro) e da dona de casa Carma Maria de Sousa, falecida há quatro anos, Aldair que desde criança, em seus primeiros anos de escola é conhecido como Gipão, vem de uma família de cinco irmãos. Penúltimo filho, ele nasceu em 06 de setembro de 1972 em Araguaína onde cresceu e casou-se.

Ser caminhoneiro
Gipão trilhou vários caminhos antes de chegar à Câmara Municipal. O menino que sonhava em ser caminhoneiro e até por um tempo depois de adulto seguiu essa profissão, certamente não imaginava que um dia se tornaria um vereador.

Gipão nos conta que por vontade própria começou a trabalhar muito jovem. “Meu primeiro emprego de carteira assinada foi aos 16 anos como Auxiliar de Serviços Gerais. Foi quando aprendi a dirigir”. Mas, foi aos 19 anos, em 15 de abril de 1991, que finalmente se tornou Motorista profissional na empresa Transbrasiliana onde trabalhou por mais de cinco anos.

Se tornar vereador
Seu último emprego antes de se tornar vereador, foi como motorista na empresa Transgás onde trabalhou de 1997 a 2000. “Nunca pensei que me envolveria com política, na minha família não tem nenhum além de mim. Fui o primeiro e provavelmente serei o único”, brinca o vereador. Gipão explica que sempre foi muito comunicativo, e motivado por amigos resolveu candidatar-se a vereador em Araguaína, procurou o Partido Liberal (PL), atual Partido Republicano (PR) onde permanece até hoje, filiou-se e foi à luta. A empreitada deu certo, e com 741 votos foi o sétimo candidato eleito mais votado entre os 13 parlamentares que assumiram as vagas na Câmara no ano de 2000.

Vencendo o preconceito
Junto com o primeiro mandato, veio a consciência da grande responsabilidade e Gipão se deparou com um grande desafio pela frente, vencer o preconceito. “Nunca gostei de estudar”, confessa Gipão, afirmando que quando assumiu pela primeira vez o cargo de vereador não tinha nem o ensino fundamental completo: “Estudei até a 4º Série e naquele momento eu me via como um representante de uma cidade universitária. Quando fui registrar minha candidatura e tive que colocar que tinha só o primário, me senti envergonhado”, lembra Gipão, afirmando que assim que foi eleito seu primeiro grande passo foi voltar para a sala de aula, etão se matriculou no Colégio Estadual Sancha Ferreira com o objetivo de concluir os estudos. “Nunca fui discriminado, graças a Deus, mas sei que era estranho para as pessoas vêem todo dia um vereador lá na sala de aula, estudando”.

Reeleição
Gipão provou da política e gostou, tanto que na outra campanha se candidatou novamente e com 1699 votos se tornou o terceiro vereador mais eleito de 2004. Tentou em 2006 a candidatura a deputado estadual, mas mesmo sendo o segundo candidato do município mais votado, não foi eleito. “Perdi só para o Valuar. Fiquei na segunda suplência de minha coligação, faltando só 282 votos para ser eleito. Na época, consegui mais de sete mil votos”. Ainda no segundo mandato de vereador, Gipão que continuava estudando, concluiu o ensino médio exatamente em 2007.

Aprovação no vestibular
Em 2008, Gipão conquista seu terceiro mandato de vereador como o quarto parlamentar mais votado somando 2144 votos e outra vitória importante neste ano para o parlamentar foi sua aprovação no vestibular da Educon para o curso de Administração.

Finalmente em 2011, Gipão deixa claro o que foi sua mais importante conquista. “Ontem quando eu saí do meu último dia de aula e a minha professora falou que eu estava aprovado, eu fiquei mais feliz do que quando fui eleito em 2000 pela primeira vez a vereador. Confesso que fiquei mais feliz de ter um curso de Administração do que ter uma mandato”, diz emocionado.

Presente e Futuro
Hoje, casado há 17 anos com Enfermeira Sivanilda Mariana que ele mesmo definiu como “companheira de todas as horas e mãe de meus três filhos Mateus, 16 anos, Gustavo, 12 anos e Amanda, 6 anos”, Gipão não esconde o orgulho de chegar onde chegou, deixa claro que quer continuar na vida política e tem a intenção de concorrer pela quarta vez à vaga de vereador em Araguaína: “Ano que vem pretendo tentar o quarto mandato, se Deus permitir e o partido entender que eu deva ser candidato”, pontua.

AO VIVO