Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
23ºmin
EM ARAGUAÍNA

Centro de Referência retoma atendimento psicossocial a crianças e idosos

30 julho 2020 - 18h32

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) 1, localizado no Setor Céu Azul, retornou as atividades na semana passada com o tema “Vivências em Meio à Pandemia”, que busca combater a desinformação e depressão presentes na nova rotina causada pela covid-19. Os atendimentos psicossociais e de exercícios físicos estão sendo realizado de maneira presencial e também remota a crianças e idosos.
 
Dona Zulmira Martins Rodrigues, de 70 anos, é uma das idosas atendidas presencialmente e em grupo e que nesta quinta-feira, 30, participou de ginástica e palestra. “Eu estava com muita saudade porque se não fosse esse grupo eu já estaria toda velhinha entravada”, afirmou. Além do exercício físico, ela conta que sentia falta do contato com as amigas. “Moro com Deus e minha cachorrinha e converso com os vizinhos só pelo portão”.
 
A equipe do CRAS 1 é formada por psicólogo, assistente social, pedagogo e orientador social, e ainda conta com participações de profissionais convidados nos atendimentos em grupo. Desta vez, a enfermeira municipal Adriana Farias falou sobre preconceito contra pessoas que tiveram a covid-19. “As pessoas estão com tanto medo que estão discriminando quem fica doente, como se não fosse possível também pegar a doença”, alertou.
 
Outros atendimentos
Com a pandemia, a equipe criou o projeto CRAS em Casa com Você, para atendimento on-line, principalmente com crianças. “Os pais nos procuram falando que as crianças sentem falta das atividades e estão muito inquietas em casa. Além de não estarem mais indo à escola, estão se sentindo presas”, informou a coordenadora do CRAS 1, Jane Sales.
 
Ainda há as visitas domiciliares em casos de problemas familiares ou pessoas com necessidade em se descolocar. “São vários casos, a maioria sobre violência doméstica. Precisamos acompanhar para prevenirmos a ruptura de laços familiares e preservar quem sofreu a violência”, descreveu Jane.
 
Como participar
Atualmente, 67 famílias são acompanhadas no Programa de Atenção Integral a Família (PAIF) e 312 pessoas estão matriculadas nas atividades oferecidas, entre grupos de atividades de idosos, balet, violão, karatê e capoeira. Essas aulas ainda guardam um controle maior da pandemia para retornarem.
 
Para solicitar um atendimento é preciso entrar em contato pelos telefones (63) 9 99496333 ou 34125152, ou ir até CRAS, localizado na Rua Lontra, quadra 12, lote 29, no Setor Céu Azul.

AO VIVO