Menu
Busca quinta, 02 de abril de 2020
(63) 99292-6165
EM ARAGUAÍNA

Escola ameaçada de ataque contra alunos e professores recebe Projeto cívico-militar

12 março 2020 - 15h03

A Escola de Tempo Integral Centro de Ensino Médio Castelo Branco é a segunda escola contemplada com o projeto na cidade. Um dos objetivos é buscar mais aproximação da Polícia Militar com o público infanto-juvenil.

Os policiais militares das seções administrativas do 2º Batalhão, desempenharam mais uma missão na manhã desta quinta-feira, 12, ao participarem do projeto Cidadão do Futuro: Resgatando o Civismo, em Araguaína. O evento aconteceu na Escola de Tempo Integral Centro de Ensino Médio Castelo Branco, com apoio da direção e do corpo pedagógico.

A escola foi recentemente ameaçada em rede social por um suposto estudante que dizia estar planejando abrir fogo na unidade e por isso os alunos e funcionários ficaram apreensivos quanto à segurança do local. Além do patrulhamento nas imediações do prédio, o comando do 2º BPM procurou a diretora para apresentar o projeto cívico-militar, no intuito de buscar mais aproximação com os estudantes e tranquilizar o ambiente de ensino.

O projeto é executado em três eixos. No primeiro momento os policiais vão à escola, interagem com os discentes e cantam o Hino Nacional Brasileiro. No segundo eixo os alunos são levados para dentro do Batalhão, onde terão a oportunidade de conhecer de perto a realidade do trabalho policial militar. Na última etapa a escola é contemplada com palestras de diversos tema, dentre eles: Segurança no Trânsito, Direitos e Deveres, Meio Ambiente, Combate às Drogas e à Violência.

A diretora da escola, Carla Pereira Milhomem agradeceu ao comando do 2º BPM pela atenção recebida, após a unidade de ensino ser ameaça em rede social. “Obrigada pelo apoio, por trazerem os policiais aqui e aumentarem a nossa sensação de segurança.”  

  

AO VIVO