Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
22ºmin
DONA REGINA

Governo entrega oito novos leitos de UTI

12 dezembro 2011 - 16h51

O Governo do Estado entrega nesta terça-feira, 13, mais oito leitos de UTI Neonatal no Hospital e Maternidade Pública Dona Regina. Os leitos servirão para atender o máximo da demanda de pacientes que necessitem de cuidados intensivos da macrorregião, diminuir as transferências e o tempo de permanência dos pacientes nas unidades materno infantil.

A cerimônia de inauguração acontecerá às 9h e contará com a presença do secretário de Estado da Saúde, Arnaldo Alves Nunes, do secretário executivo da Saúde, Sebastião Silveira, com representantes da Pró-Saúde e de entidades de classe.

Foram investidos R$ 250 mil na construção e estruturação desses novos leitos. Somado aos já existentes, o hospital passará a contar com 20 leitos de UTI Neonatal, além de 15 leitos de cuidado semi-intensivo e seis do Método Canguru.

A rotatividade das internações nos leitos de UTI é algo imprevisível, podendo ser de apenas um dia ou durar meses, dependendo da gravidade do pacientes, assim o aumento no número proporcionará maior possibilidade de resposta às demandas que surgirem. Além disso, a ação tem como objetivo a redução da mortalidade neonatal, uma das diretrizes da Rede Cegonha - política estratégica coordenada pelo Ministério da Saúde para a ampla assistência humanizada às mães e aos bebês.

Segundo a diretora geral do Hospital, Alba Lúcia, a inauguração destes novos leitos de UTI Neonatal é uma ação que trará benefícios à população de Palmas e do Estado. “O Dona Regina é um hospital de referência, por aqui passam pessoas de várias cidades circunvizinhas em busca de atendimento, portanto é um benefício que se entende a outros municípios”, ressaltou.

Com a ampliação dos leitos, houve também uma necessidade do aumento do número de profissionais para atuar no Hospital. Para isso foi contratada uma equipe composta por quatro neonatologistas, cinco enfermeiros, cinco fisioterapeutas e 24 técnicos de enfermagem. “Priorizamos contratar profissionais do Estado, mas, por exemplo, os especialistas em neonatologia, que é uma especialidade diferenciada, um profissional difícil de ser encontrado hoje no mercado, tivemos que trazer de São Paulo, porque não encontramos aqui no Estado para contratar. Com a contratação desses novos profissionais, o hospital passará a ter sete neonatologistas no quadro de especialistas”, disse.

Referência
Referência e qualidade na área de obstetrícia de alto risco e neonatologia, desde que foi criado em 21 de junho de 1999, o Hospital Dona Regina vem desempenhando um papel fundamental em Palmas e para a população do entorno que recorre aos serviços da Unidade Hospitalar. A instituição é de médio porte, mantida com recursos do Governo do Estado e do Sistema Único de Saúde.

Por lá passam uma média de 250 pessoas por dia, onde são realizados exames ambulatoriais, atendimentos de pronto socorro e consulta a pacientes. Na Unidade são realizados cerca de 400 partos por mês e todas as crianças que nascem no Dona Regina são atendidas por uma equipe multiprofissional formada por odontólogo, psicólogo, fisioterapeuta, fonaudiólogo, assistente social, terapeuta ocupacional, entre outros. (Da Secom)

AO VIVO