Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
23ºmin
INCENTIVO

Estado e Ministério reforçam parcerias para atender agricultura familiar

22 julho 2021 - 11h19Por Ascom

Em live, na tarde desta quarta-feira, 21, o governo do Tocantins, por meio do secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), Jaime Café e o novo secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), César Halum, estiveram debatendo os principais projetos e programas para o desenvolvimento dos produtores, principalmente os agricultores familiares do Tocantins. Na live participaram cerca de 150 pessoas, entre prefeitos e secretários municipais de agricultura, agricultores e técnicos.

Na sua explanação, o secretário César Halum apresentou os programas e projetos do MAPA que estão disponíveis para atender os agricultores familiares. Entre as demandas a serem implementadas estão os reforços nas ações de Assistência Técnica de Extensão Rural (ATER), linhas de financiamentos do Crédito Fundiário, Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf), crédito rural, cooperativismo, dentre outros.

César Halum apontou alguns dados relacionados a importância econômica da agricultura familiar na produção de alimentos.  “No Brasil cerca de 77% da produção é oriunda da Agricultura familiar, ocupando 67% da mão de obra, ou seja em torno de 10 milhões de pessoas”, detalhou.
“A criação do  Selo Nacional de produtos da agricultura familiar é mais um ganho econômico  para que os agricultores possam produzir e expandir sua comercialização, gerando renda no campo. Atualmente são 7.740 produtos identificados e registrados como Selo Nacional”, concluiu o Secretário Nacional, César Haum

Em relação aos investimentos na habitação rural, César Halum, lembrou que “em 2020 foram construídas 15 mil unidades habitacionais no campo, em 2021 queremos alcançar a marca dos 25 mil unidades”
O secretário da Seagro, Jaíme Café falou das parcerias e busca de recursos para atender as demandas existentes, principalmente voltadas para os pequenos produtores. “Essa é a intenção do governo do Estado, reforçar as parcerias para, de mãos dadas, desenvolver projetos sustentáveis para os produtores tocantinenses”, reforçou.

O secretário lembrou ainda que uma das ações que estão previstas para reforçar a produção na agricultura familiar, na próxima safra, é a distribuição de 50 mil toneladas de calcário, sementes de milho, arroz e feijão, isso sendo organizado pelos secretários de agricultura dos municípios.

AO VIVO