Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
22ºmin
GURUPI

Suspenção de convênios prejudica creches

28 abril 2011 - 17h34

A situação em que se encontram as creches no município foi levantada na Sessão Itinerante desta quinta-feira, 28, onde a vereadora Zenaide Dias (PSB) comunicou as dificuldades em que encontram as creches de Gurupi devido a suspensão de um convênio com a Secretária Estadual de Educação do Tocantins.

Maria Madalena é uma das creches que está sendo prejudicada pela falta de renovação do convênio entre a instituição e o governo. Ela foi fundada há 39 anos e atende hoje 276 crianças de 2 a 7 anos em tempo integral. Segundo a administradora da creche, Arlene Passos, o Secretário de Educação enviou um memorando informando que o convênio que permitia o repasse de 27 funcionários, entre professores e auxiliares administrativos, estava sendo interrompido devido não ser de competência do Estado, mas do município. “São professores concursados e os administrativos são contratos. A maioria deles ainda estão trabalhando, mas já saíram três professores e estamos com três turmas sem professores, o pré, maternal e o 2º ano. Amanhã eles não vão para creche porque não temos professores”, disse Arlene.

Ao ouvir as reclamações da vereadora Zenaide Dias, na abertura da Sessão Itinerante, sobre a suspensão do convênio, o prefeito Alexandre Abdalla informou que pediu ao secretário Municipal de Educação, Antônio Pakalolo, para marcar uma audiência com o Secretário Estadual de Educação, Danilo de Melo Souza, para tentar reverter a situação. “O Estado não pode jogar toda a responsabilidade que tem nas creches sobre a Prefeitura. Nós vamos pedir ao governo para que nos ajude, porque, quando o governador Siqueira Campos souber do fato ele certamente vai providenciar a ajuda”, disse o prefeito.

Procurado pelo AtitudeTO, a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Educação do Tocantins, informou que de acordo com o prazo legal de validade do convênios firmando entre entidades e escolas conveniadas com o Estado, foram finalizados em dezembro de 2010 e que nos próximos dias a secretaria terá a resposta sobre a analise, para que novos convênios sejam firmados. “Esta situação acontece em todos os municípios do Estado. A partir de agora, a entidade que desejar renovar o convênio com a Seduc deverá encaminhar ao órgão uma solicitação oficial, demonstrando o interesse. As que assim fizeram, estão tendo seus convênios analisados para renovação dos mesmos”, informou. (Do Atitude Tocantins)

AO VIVO