Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
20ºmin
INVESTIGAÇÃO

Kita Maciel protocola pedido de CPI para investigar Marcão do Povo

03 junho 2011 - 14h41

As atitudes do vereador Marcão do Povo (PR) serão investigadas, isso porque o vereador Kita Maciel (PMDB) protocolou na manhã desta sexta-feira, 03, um requerimento em que pede a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar se houve quebra de decoro parlamentar do vereador, pelo fato dele ter sido indiciado por contravenção por ter participação confirmada pela polícia civil no caso da máfia dos caça-níqueis.

O requerimento tem ainda a assinatura dos vereadores Cb. Carlos (PT), Denes Teixeira (PPS), Marta Barbosa (PSD) e Professora Zenaide (PSB).

O vereador Kita Maciel explicou que a partir de agora o requerimento será lido no plenário e a Mesa Diretora vai baixar um ato criando a CPI. Ele explicou que geralmente as CPI’s são formadas por três vereadores e destacou que ele não pode apenas presidir ou ser relator da Comissão, mas pode participar como membro e qualquer um dos outros vereadores que assinaram o documento podem participar.

Kita afirmou que atitude tomada pelos cinco vereadores não é de cunho pessoal, mas como parlamentar tem a obrigação de zelar pela moralidade da Casa de Leis e lembrou ainda, que em outras localidades por bem menos homens públicos foram investigados e alguns até afastados de suas funções antes mesmo de qualquer decisão final.

O peemedebista ainda esclareceu que quem vai dizer se a conduta do vereador é ilegal é o judiciário. Comentou também que a criação da CPI está dentro da legalidade, pois tem um terço de assinaturas de seus membros conforme consta na Lei Orgânica do Município. (Heliana Oliveira/Do Cocktail Online)

AO VIVO