Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
30ºmax
22ºmin
CONDENADO

Acusado de cometer homicídio em Gurupi é condenado

02 fevereiro 2011 - 19h03

O Tribunal do Júri de Gurupi, atendendo a pedido do Ministério Público Estadual (MPE), condenou Carlos Antônio de Moraes, o “Carlão”, a 26 anos , 7 meses e 30 dias, de reclusão, em regime inicialmente fechado. Carlão era acusado de ser o responsável pelo assassinato a golpes de facão de João Morais Neto e pela tentativa de homicídio de Elizabete.

Eulálio, ambos ocorridos em janeiro de 2007, na cidade de Gurupi, a 245 Km de Palmas, sul do Tocantins.

Conforme apurado, o motivo do crime foi passional, pois Elizabete havia se separado do acusado há aproximadamente quatro meses antes dos crimes, contudo, o réu não aceitou que ela se relacionasse com outro homem, no caso, João Morais.

Os Promotores de Justiça Poliana Dias Alves Julião e Vinícius de Oliveira e Silva sustentaram a prática de homicídio consumado triplamente qualificado, por motivo torpe, meio cruel e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima (em relação a João Morais) e homicídio tentado duplamente qualificado, motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima (em relação a Elizabete).

A tese foi aceita pelo Conselho de Sentença, tendo a Juíza Presidente fixado a pena em mais de 26 anos de reclusão. O réu está preso e não poderá recorrer da decisão em liberdade. (Com informações da Ascom MPE)
 

AO VIVO