Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
32ºmax
22ºmin
Prefeitura de Araguaína
ELEIÇÕES 2012

PSB deve lançar Palmeri Bezerra como pré-candidato a prefeito

15 setembro 2011 - 08h30

Dágila Sabóia
Da Redação

 

Em Araguaína, no próximo sábado, 17, o Partido Socialista Brasileiro (PSB) reunirá lideranças e membros da legenda na região durante a 3ª Jornada Socialista de Formação Política.

O encontro que acontecerá na Câmara Municipal de Araguaína a partir das 14hs e servirá para discutir propostas políticas para as próximas eleições além de ser realizado o momento de palestras e de filiações do partido visando as próximas eleições.

Entre as lideranças que marcarão presença no evento estará o deputado federal, Laurez Moreira que é presidente regional do partido.

O Portal O Norte conversou com Palmeri Bezerra que está assumindo a presidência da comissão provisória do partido em Araguaína e falou sobre a atual situação política na Câmara de Vereadores bem como a intenção de sua legenda em disputar o mais alto cargo do Executivo no município.

Eleições 2012
Falando em campanha eleitoral, Palmeri Bezerra afirmou que o diretório do PSB está se organizando para lançar um pré-candidato que possivelmente disputará o Palácio Tancredo Neves nas próximas eleições.

O escolhido
Questionado sobre quem seria o escolhido, o ex-deputado declarou que está colocando seu nome à disposição do partido para abraçar a próxima campanha. “Estamos colocado nosso nome hoje não só para apreciação do partido como também da sociedade araguainense”, disse.

Número de vagas na Câmara
Recentemente, o PSB juntamente com as legendas PV, PSDC, PDT, PRB e PCdoB pressionou a Câmara Municipal de Araguaína a analisar de imediato a possibilidade do aumento de vagas.

À nossa reportagem, Palmeri argumentou afirmando que “a meu ver Araguaína é uma cidade grande e quanto mais tiver representantes para a população mais benefício por parte do Executivo os aguainenses irão ter”.

Sobre a quantidade de vereadores que devem ocupar o cargo na Câmara ter sido definida como 17 no projeto de lei assinado por dez dos onze vereadores, o socialista declara categoricamente que é adequado ao município: “Não vejo esse número de 17 parlamentares como excessivo é um número que tem condições de estar representando bem a população”.

Opinião Pública
Ainda sobre o assunto, quando questionado se Palmeri não teme o fato de boa parte da população ser contrária a essa mudança, ele desconversa: “Eu acredito que cada um tem sua opinião própria, como Araguaína já teve o número de 13 parlamentares não terá problema nesse aumento de vagas”.

Ponto de vista
Tendo ciência de que partidos com maior adesão como PMDB, DEM e PSDB não se uniram nessa conjuntura política em torno do aumento no número de vagas na Câmara, Palmeri insinua que os mesmos podem não ter entrado no mérito da questão porque “Talvez eles temam a representatividade que os demais partidos menores possam conquistar com essa mudança”.
 

AO VIVO