JBS Coronavírus
Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
21ºmin
SAIBA MAIS!

Ainda não recebeu auxílio emergencial? Veja quais os motivos de bloqueio

21 abril 2020 - 09h13Por Terra

Pagamento do auxílio emergencial passa por período de instabilidade. Desde a última semana, milhares de brasileiros começaram a retirar os R$ 600 do corovanoucher. O benefício, ofertado pelo governo federal, tem como finalidade ajudar a população a enfrentar a crise do Covid-19. No entanto, mesmo com as regras de funcionamento já publicadas, a administração pública vem enfrentando problemas no sistema que estão atrasando as transferências para os beneficiários.

Para poder ter acesso ao benefício, os interessados devem estar devidamente registrados no Cadastro Único. Quem conseguiu preencher o formulário até o dia 20 de março já teve o valor depositado. Porém, aqueles que estão dando entrada no pedido ao longo dos últimos dias estão com o tempo de espera maior do que o anunciado.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, instituição responsável pela gerência do auxílio, a população teria até 5 dias, após o envio do formulário digital, para poder ter o pagamento autorizado.

Porém, conforme relata uma reportagem da Folha de São Paulo, as filas de espera estão ultrapassando o prazo estipulado, impossibilitando que os cadastrados recebam os R$ 600.

Mediante a situação, com diversas reclamações em suas centrais de atendimento, a Caixa utilizou as redes sociais para informar que os 5 dias são apenas uma estimativa. Segundo o banco, devido a alta demanda, a realização das análises está sujeita a um período maior, porém essa atividade é sob responsabilidade do Ministério da Cidadania.

Ao ser questionado, o Ministério explicou que não há atrasos e que o “o processo de pagamento do auxílio emergencial é complexo, envolve vários fatores e tem sido conduzido com total transparência”. O comunicado, liberado na última semana, solicita que os beneficiários tenham paciência e continuem aguardando a situação de seus auxílios pelo site ou aplicativo.

Cadastro Negado

Outro motivo de entrave está associado a não aprovação do cadastro. Nesse caso, a responsabilidade é dos interessados que precisam checar as informações repassadas no formulário. É importante ressaltar que o benefício só poder ser liberado para um único CEP, exceto em casos de chefes de família.

Além disso, os dados bancários devem ser conferidos separadamente, pois em caso de erros e ausência de dígitos a solicitação pode ser negada.

Tendo o cadastro aceito, o prazo máximo para o saque cair na conta é de até 3 dias. Se após esse período o valor não for creditado, o beneficiário precisa entrar em contato com a Caixa e avaliar o motivo do entrave. O número de contato com a instituição é o 111 e a ligação é gratuita.

No caso daqueles que não possuem conta e vão receber pela poupança digital, também ministrada pela instituição, os acompanhamentos devem ser feitos por meio do app ‘Caixa Tem’.

Ao gerar os formulários, os usuários precisam cumprir com todas as exigências solicitadas. Desde a renda máxima de até R$ 522 (por pessoa), ter mais de 18 anos e ser desempregado, microempreendedor ou autônomo.

No caso daqueles que deixaram passar alguma informação errada, a Caixa informou que haverá uma nova possibilidade de correção, mas que será preciso esperar a resposta da análise.

Ao ser notificado se o benefício foi ou não aprovado, o usuário poderá ter acesso ao seu registro para realizar as alterações necessárias.

Não consigo acessar o Caixa Tem

A ferramenta é a única opção para quem vai receber por meio da conta digital. Nesse caso, é preciso conferir a plataforma (pelo aplicativo ou pelo site) e monitorar se o deposito foi aprovado ou se há necessidade de correção.

Para ter acesso ao app, basta baixá-lo acessando a loja eletrônica do próprio celular. Sua instalação é gratuita e o acesso pessoal é feito por meio do número do CPF.

Nas contas digitais, será possível realizar até três transferências mensais, sem cobrança de taxas de serviço. 

Qual sua especialidade?

Publique seu conteúdo aqui na editoria Consulta com Especialista do Portal O Norte.

Ligue (63) 99958-5851 ou fale conosco pelo WhatsApp (63) 99292-6165

Todas as informações e opiniões contidas neste artigo, seja em texto ou emvídeo, são de total responsabilidade de seus autores e não expressam,necessariamente, as posições do Portal O Norte.

AO VIVO