Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
18ºmin
TENDÊNCIA

Número de lojas online aumentaram em quase 40% no Brasil em 2019

27 fevereiro 2020 - 09h46

O trabalho online é cada vez mais comum e as lojas online estão entre as opções favoritas dos brasileiros. Descubra dados sobre o aumento do comércio eletrônico brasileiro em 2019 e como ele cria desafios para os empresários.

Criar espaços de e-commerce é uma tendência cada vez mais enraizada em nosso mundo. Nas últimas décadas, não só no Brasil mas em diversos países de vários continentes, o aparecimento de novos dispositivos de tecnologia e de novos aplicativos foi muito útil para garantir que se alterava toda a dinâmica cultural e social. Além de mudarem o cotidiano do brasileiro, esses dispositivos acabaram impactando também a política e a economia. Perante o trabalho precário e o desemprego no Brasil, muitas pessoas foram mudando sua forma de pensar e olhando para o mundo digital como uma forma de exercer novas profissões.

Usando seus celulares e computadores, os brasileiros se tornaram mais empreendedores do que nunca, investindo em atividades bem diversas, fazendo uso de sites, de blogs e de redes sociais. Assim, a Internet deixaria de ser simplesmente um espaço de lazer, passando a ser uma fonte de rendimento (ou renda passiva) para muitas pessoas. O aparecimento de espaços como o Shopify, onde é mais simples a criação de uma loja online, motivou também o e-commerce no país, tornando esta uma das formas laborais que, ultimamente, tem atraído bastante aos brasileiros. Recentemente, uma análise dos números do e-commerce avaliou a realidade internacional e nacional deste setor. Conheça, então, as mudanças do e-commerce no Brasil e no mundo.

Um olhar mundial sobre o e-commerce

O crescimento no número e no lucro das lojas online internacionais já foi maior. Ainda assim, como você pode ver pelos mais recentes dados, apesar de se tratar de um crescimento mais progressivo e mais lento, este crescimento nunca deixou de se manifestar. Um estudo sobre os lucros do e-commerce internacional estima que este tenha, em 2019, gerado 25.030 trilhões de dólares, o que equivale a um crescimento na ordem dos 4,5%.

O caso específico do Brasil

No Brasil, os números sobre o e-commerce foram analisados pela Paypal e pela BigData Corp. Em parceria, estas entidades fizeram um estudo dos números de 2019 e concluíram que o e-commerce brasileiro teve um aumento de 37,5% no ano passado. Ancorado no empreendedorismo, e na forte fé que os empreendedores continuam a ter no mercado digital, o aumento no número de lojas online fez-se acompanhar de um aumento da expressão das mesmas nas redes sociais. Estima-se, pois, que 65% das 930 mil lojas online em pleno funcionamento no Brasil tenham, também, perfis e páginas nas redes sociais; sendo o Instagram e o Facebook duas das redes com maior expressão. Além do crescimento no número desse tipo de loja, existe também uma procura manifestamente maior por parte dos consumidores que, cada vez mais, estão escolhendo comprar online.

Alguns dados sobre Portugal

Uma análise similar foi feita em Portugal pelos Correios de Portugal (CTT), concluindo-se que existe um aumento efetivo no número de lojas online naquele país, e também na quantidade de produtos vendidos. Em 2019, 46% dos entrevistados afirmavam fazer compras online; e 40% destes disseram estar preferindo essa opção às compras convencionais.

Esses dados comprovam que o mercado digital é um espaço de oportunidades para quem quer expandir seu negócio através de canais online e offline, à medida que proporciona aumentar o alcance de consumidores e vendas..

Qual sua especialidade?

Publique seu conteúdo aqui na editoria Consulta com Especialista do Portal O Norte.

Ligue (63) 99958-5851 ou fale conosco pelo WhatsApp (63) 99292-6165

Todas as informações e opiniões contidas neste artigo, seja em texto ou emvídeo, são de total responsabilidade de seus autores e não expressam,necessariamente, as posições do Portal O Norte.

AO VIVO