Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
21ºmin
RELUZ

Câmara não tem força para mudar valor cobrado em contas de energia

06 setembro 2011 - 12h35

Any Savana
Da Redação


O governador Siqueira Campos estará em Araguaína nesta terça-feira, 6, para fazer o lançamento de mais uma etapa do Programa Nacional de Iluminação Eficiente (Reluz), que visa a troca das lâmpadas é diminuir o consumo de energia elétrica em até 40%. Mas o programa esta criando discórdia entre os araguainenses que reclamam da diminuição da potência das lâmpadas e o não abatimento nas contas de energia.

Em recente entrevista ao Portal O Norte, questionado sobre diminuição no valor das contas de energia o secretário de Obras do Município, Valmir Ribeiro, não deu nenhuma garantia de que o valor da tarifa de iluminação pública cobrada na conta de luz viesse também a diminuir. “Depois de instaladas as novas lâmpadas vamos discutir a possibilidade de diminuição dessa taxa. O Executivo vai se reunir com os vereadores e discutir com a Celtins sobre o caso, mas não posso garantir nada”, diz Walmir.

Na sessão desta terça-feira, 06, os vereadores questionados sobre o programa reluz foram categóricos em dizer que não tem poder suficiente para cobrar essa diminuição. O presidente da casa, vereador Elenil da Penha (PMDB), acrescentou que os parlamentares entrarão com um pedido junto ao Governo Estadual para que seja feito uma pesquisa para comprovar se ouve uma diminuição no consumo ou não e a possibilidade da diminuição no valor das taxas cobradas, “já que se diminuem a voltagem das lâmpadas e o consumo, tem que também diminuir o valor cobrado”, pontuou Elenil.

AO VIVO