Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
23ºmin
ARAGUAÍNA

Falta de apoio e fiasco de público marcam a segunda Parada Gay

17 setembro 2011 - 20h14

Dágila Sabóia
Da Redação


Apesar dos contratempos e com uma estimativa de público inferior à do ano passado, quando aconteceu em 11 de novembro, a 2º Parada Gay de Araguaína foi realizada na tarde deste sábado, 17. A concentração aconteceu na Praça do Galo, no Entroncamento da cidade e reuniu gays, lésbicas e simpatizantes.

Para a realização do movimento que é organizado pelo Grupo de Gays que Amam a Vida (GGAV), a ong teve o apoio da Polícia Militar e da prefeitura de Araguaína, através da Secretaria Municipal de Saúde que disponibilizou preservativos para serem distribuídos no evento.

Nossa reportagem conversou com o presidente da GGAV, Valdson Neves, que em entrevista explicou que o tema da parada é o mesmo de 2011 “Araguaína sem homofobia”, enfatizando a importância da luta contra o preconceito sexual.

Duras críticas
Ainda em entrevista, o presidente do grupo, fez duras críticas ao poder público municipal, de acordo com ele, o apoio dado para a realização do evento foi insatisfatório “Se temos uma Secretaria de Cultura, porque não apóiam uma causa como essa?”.

Nem os políticos escaparam das alfinetadas de Valdson Neves que indignado questiona: “Se temos um prefeito em quem votamos, vereadores nos quais depositamos nossa confiança de sermos representados aqui, porque não nos ajudam?”, disse o presidente acrescentando que os poucos políticos que contribuem para a realização da parada pedem para não citar o seu nome no evento, justificando que tem família evangélica, "mas na hora de pedir o voto dos gays eles não lembram disso”, observa.

Percurso
A Parada Gay teve início na Cônego João lima e passou pelas principais avenidas da cidade com encerramento na sede do Conselho Consultivo das Associações de Bairros de Araguaína (CCABA) onde foi organizada uma festa para o público LGBTTs (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgênero e simpatizantes).

AO VIVO