Menu
Busca sábado, 14 de dezembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
33ºmax
22ºmin
INVESTIMENTO

Deputada Amália Santana propõe criação de Fundação de Amparo e Pesquisa

17 fevereiro 2011 - 21h08

O Tocantins é um dos únicos estados do País que ainda não implantou uma Fundação de Amparo e Pesquisa (FAP) e em razão disto, a deputada estadual Amália Santana (PT) apresentou requerimento neste sentido, na sessão desta quinta-feira, 17. Para a deputada a não criação da fundação tem como consequência resultados negativos quanto desenvolvimento científico e tecnológico do Estado.

Com a Criação da FAP será possível constituir um importante instrumento para apoiar a pesquisa científica básica e aplicada, a inovação tecnológica e experimental.

Outro ponto positivo é que vários programas especiais poderão ser criados para induzir o desenvolvimento de pesquisas, aumentando o estoque de conhecimentos científicos e tecnológicos, com sua aplicação no interesse do desenvolvimento econômico e social do Tocantins.

A criação da Fundação fortalecerá, ainda, a implantação e consolidação de mestrados e doutorados no Estado, apoiando a comunidade acadêmica que necessita muito de um instrumento regional para o financiamento de suas atividades de ensino e pesquisa. Desta forma irá promover a transferência dos resultados de pesquisa para o desenvolvimento regional sustentável, com a captação de recursos e implantação de projetos, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida.

A Fundação de Amparo a Pesquisa também irá cumprir um papel importante de fixação de Pesquisadores Doutores nas Universidades locais, já que muitos pesquisadores, que aqui chegam, não encontram as condições de apoio adequadas para o desenvolvimento do seu trabalho e acabam optando por outras Universidades, que tenham maior porte e estrutura em estados com o Sistema de Ciência e Tecnologia já estruturado. (Com informações da Assessoria de Imprensa)


AO VIVO