Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
20ºmin
ESTADO

Estudantes do Tocantins participam de competição nacional de Matemática

16 agosto 2011 - 12h08

Serão realizadas nesta quarta-feira, 17, as provas da 1ª fase das competições da 7ª Olímpiada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. Em Palmas, as provas serão realizadas em 20 escolas estaduais.

No período da manhã, as provas serão aplicadas nas escolas CEM Castro Alves, no CEM Tiradentes, no CEM Santa Rita de Cássia, no Colégio Criança Esperança, no Colégio Madre Belém, na Escola Novo Horizonte, na Vila União e na escola Vale do Sol.

As provas serão aplicadas nos períodos manhã, tarde e noite. A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é um projeto que tem como objetivo estimular o estudo da Matemática e revelar talentos na área.

Serão aprovados para a 2ª fase, 5% dos alunos com a maior pontuação de cada nível em cada escola. As provas da 2ª fase serão aplicadas nos centros de estudos indicados pela Coordenação da OBMEP.

No final serão premiados 500 alunos com medalhas de ouro, 900 com medalhas de prata, 1.800 com medalhas de bronze e 30 mil com certificados de Menção Honrosa.

Serão premiados 127 professores, os que estão em sala de aula dos alunos participantes na 2ª fase. Serão premiadas 81 escolas municipais ou estaduais, sendo três para cada unidade da Federação, que alcançarem o maior número de pontos em seus respectivos estados.

Todos os alunos premiados com medalhas poderão participar do PIC – Programa de Iniciação Científica com bolsas de iniciação científica júnior, criado pelo CNPq, visando despertar nos jovens o gosto pela ciência. O Programa de Iniciação Científica tem duração de um ano e os estudantes contemplados receberão uma bolsa mensal no valor de R$ 100,00.


 

AO VIVO