Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
24ºmin
OLHA O GOLPE!

Estado alerta sobre mensagens falsas referentes ao programa Vale-Gás

29 setembro 2021 - 11h21

Está circulando por meio do aplicativo WhatsApp um link de cadastro do programa Vale Gás e a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Tocantins (Setas) informa que a respectiva pagina é falsa e orienta os usuários a não inserir dados pessoais na mesma.

A Setas destaca que a página oficial para o cadastro dos beneficiários do programa será divulgada no mês de outubro com a finalização de todo o projeto logístico para o atendimento da população beneficiada, com a recarga do gás de cozinha.

Vale Gás

A iniciativa faz parte do programa Tocando em Frente, lançado pelo governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, no início do mês de julho deste ano. O programa consiste no fornecimento de recarga do botijão de gás de cozinha (GLP 13 kg) e vai beneficiar mais de 28 mil famílias tocantinenses em situação de vulnerabilidade, com renda per capita de até R$ 178, que foram impactadas com a pandemia do novo Coronavírus.

O público-alvo do programa está fundamentado no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Segundo dados aferidos em junho de 2021 no CadÚnico, o Estado do Tocantins tem 298.164 famílias inscritas nesse instrumento de identificação e caracterização socioeconômica. Desse número, extrai-se um total de 143.595 unidades familiares com renda per capita de até R$ 178, dentre as quais 115.220 são beneficiárias do programa Bolsa Família e, de certo modo, já são assistidas pelo Governo Federal. Assim, as 28.375 famílias remanescentes desse quantitativo são consideradas em situação de pobreza, conforme a definição constante do Art. 18 do Decreto Federal nº 5.209, de 17 de setembro de 2004, e serão atendidas pelo programa.

Enquanto gestora do programa, a Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) destinará o valor de R$ 110 por botijão de gás, em três etapas de entrega, para atender as mais de 28 mil famílias. O recurso estimado de R$ 9.365.070,00 é oriundo do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep-TO). 

AO VIVO