Menu
Busca quarta, 28 de outubro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
23ºmin
VOTO SECRETO

Ex juiz de Araguaína é eleito presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins

01 outubro 2020 - 16h32

Em sessão nesta quinta-feira (1º), o desembargador João Rigo Guimarães foi eleito novo presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJTO) para o biênio de 2021/22.  

No Pleno, os desembargadores elegeram, por voto secreto, o presidente, vice-presidente, corregedor-geral e ouvidor-judiciário que comporão a nova mesa diretora do TJTO.

O presidente eleito, atuou como juiz de Araguaína durante muitos anos, sendo a maior parte na Vara de Família e Sucessões, onde ficou muito conhecido por sua simplicidade e habilidade na pacificação de conflitos familiares.

Ainda durante a sessão, que não  aberta ao público por causa da pandemia, serão eleitos também o vice-corregedor, os demais membros do Conselho da Magistratura, o diretor-geral e o primeiro diretor-adjunto da Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat), ouvidor-substituto, coordenador do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de 2º Grau e os membros das Comissões Permanentes para um mandato de dois anos.

Todo o processo de votação e eleição da nova mesa diretora foi divulgado em transmissão ao vivo através do canal do TJTO no YouTube.

De acordo com o Regimento Interno do Tribunal, a posse da nova mesa diretora e dos demais eleitos ocorrerá às 14 horas do primeiro dia útil de fevereiro, em sessão solene, no Tribunal Pleno.

Perfil

João Rigo Guimarães nasceu em Pirenópolis, Goiás, em 08/08/1950. Filho de João de Freitas Guimarães e Judith Rigo Guimarães, é casado com Maria das Neves Ribeiro da Costa Rigo Guimarães e tem três filhos, Guilherme Ribeiro da Costa Rigo Guimarães, Gustavo Ribeiro da Costa Rigo Guimarães e Surama Grazielle Ribeiro da Costa Rigo Guimarães.

Cursou Direito pela Faculdade Católica de Goiás, formando-se em dezembro de 1979. Tomou posse como Juiz de Direito Substituto em 29/09/1989.

Na magistratura tocantinense iniciou respondendo pela 1ª Vara Cível da Comarca de Araguaína, no Juizado de Pequenas Causas. Passou a ser juiz titular em 30/10/1991, na Comarca de 1ª Entrância de Miranorte. Um ano depois foi promovido para a Comarca de 2ª Entrância de Taguatinga, seguindo ainda em 1992, no mês de dezembro, para a Comarca de 3ª Entrância de Paraíso do Tocantins, também por promoção.

Em 19/05/1993 foi removido para a 1ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Araguaína, onde permaneceu até o ano de 2014, quando no mês de agosto, foi convocado para atuar no Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, na vaga deixada pelo desembargador Daniel Negry. No dia 16/04/2015 tomou posse efetivamente no cargo de desembargador, eleito pela Corte do Tribunal de Justiça, seguindo critério de antiguidade. Atualmente ocupa o cargo de Corregedor-geral da Justiça.

AO VIVO