Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
31ºmax
22ºmin
OPORTUNIDADE

IFTO oferece gratuitamente cursos técnicos em Araguaína

16 maio 2011 - 09h15

Daniel Lélis
Da Redação


A busca por qualificação é um desafio comum a todos aqueles que desejam ingressar no mercado de trabalho. Com o crescimento econômico do Brasil nas últimas décadas, a oferta de empregos aumentou consideravelmente. Em contrapartida, ainda é notória a necessidade de investimentos na educação que propiciem as condições necessárias para que a demanda por trabalhadores exigida atualmente seja atendida.

Nesse sentido, a implantação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO) em Araguaína, ocorrida em setembro de 2009, foi um grande passo. O objetivo da criação dos institutos, de acordo com Ronano Pereira Oliveira, diretor-geral do IFTO na cidade, é “oportunizar geograficamente e estrategicamente a educação em todos os seus níveis por todo o país”.

O IFTO/Araguaína, que tem matriculados mais de 500 alunos, oferece gratuitamente os cursos técnicos de "Enfermagem", "Análises Clínicas", "Gerência em Saúde, "Informática Para Internet", com duração de 2 anos; o curso de informática integrada ao ensino médio, com duração de 4 anos e o curso técnico de Vigilância Em Saúde na modalidade PROEJA (Programa de Educação de Jovens e Adultos), com duração de 3 anos e meio.

Inscrições
As inscrições para o exame de seleção do IFTO/Araguaína referente ao segundo semestre seletivo de 2011 encontram-se abertas desde o dia 2 de maio e terminam no dia 6 de junho. Os interessados deverão efetuar a sua inscrição através do endereço eletrônico http://www.ifto.edu.br, no período mencionado, mediante o pagamento de uma taxa no valor de R$ 20,00, por meio de boleto bancário gerado pelo site.

A inscrição para o processo seletivo do PROEJA está aberta somente aos candidatos que preencherem as seguintes condições: possuir ensino fundamental completo ou conclui-lo até a data da matrícula e ter a idade mínima de 18 anos. Os cursos técnicos subsequentes, por sua vez, estão abertos a qualquer pessoa que apresente no ato da matrícula certificação de escolaridade mínima de Ensino Médio Completo.

Processo seletivo
O processo seletivo para o curso técnico para a modalidade subsequente ao Ensino Médio compreenderá a realização de duas provas, uma de conhecimentos gerais (40 questões objetivas) e uma de redação. Na modalidade PROEJA, além da questão subjetiva, será aplicado um questionário sócio-educacional.

A prova será realizada em uma única fase no dia 19 de junho, das 14 às 18 horas. Os locais serão divulgados no dia 13 do mesmo mês. Os critérios de pontuação encontram-se no edital do processo seletivo disponível no site do IFTO.

Vagas
São 160 vagas para os cursos técnicos na modalidade subsequente ao Ensino Médio e 40 para a modalidade PROEJA. A metade delas, entretanto, é destinada a estudantes portadores de necessidades especiais, afrodescendentes residentes em comunidades quilombolas, indígenas e indivíduos que cursaram integralmente o ensino médio em escola pública (ou o ensino fundamental, no caso do EJA).


Desafios do Instituto
Segundo Ronano Oliveira, um dos maiores desafios do IFTO/Araguaína é a conquista de um espaço físico necessário para a expansão do campus. “Está sendo feita a ampliação das estruturas do Instituto em Araguaína, mas ainda estamos muito distantes do que seria ideal”, conta ele. Por conta da limitação física, o Instituto, explica o diretor, “não comporta uma variedade maior de cursos”.

O segundo fator limitador, ressalta Ronano, é o acesso: “As vias públicas que dão acesso ao IFTO precisam de pavimentação e é necessária uma linha de transporte público que vá até lá”, destaca o diretor, que também informa que já foram feitas intervenções às autoridades públicas com a finalidade de solucionar estes problemas.

Expansão do IFTO
Há atualmente 6 campus do IFTO no Estado: Araguaína, Palmas, Gurupi, Araguatins, Paraíso e Porto Nacional contam com o instituto. A reitoria fica na capital. Contudo, de acordo com Ronano Oliveira, “há projetos de expansão, prevendo a implantação de mais 4 campus no Tocantins”. Mais de 10 cidades, segundo ele, já teriam solicitado a implantação.

Além disso, afirma o diretor, há projetos para criação de cursos superiores e pós-graduação no IFTO de Araguaína. “Ano que vem já devemos contar com o curso superior de tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas”, informa Ronano.

AO VIVO