Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
32ºmax
23ºmin
NOVE PRESOS

Traficantes se revezavam em turnos para vender drogas na Feirinha

07 novembro 2019 - 09h18Por Redação

Seis homens e três mulheres foram presos durante a “Operação Epicentro” da Polícia Civil, realizada  por meio da Delegacia de Repressão a Roubos (DRR) e a 2ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (Denarc) de Araguaína, no norte do Estado. A operação tem por objetivo desarticular a associação criminosa responsável por comandar o tráfico de drogas na região da Feirinha.

Além das prisões, a ação também mandados de busca e apreensão. A investigação que serviu de base para a ação policial foi iniciada em fevereiro de 2019, quando os investigadores da DRR constataram, após cruzamento de dados e informações de ocorrências policiais, que diversos roubos eram cometidos por indivíduos usuários de drogas no intuito de permutar os produtos por drogas.

Segundo o Delegado Breno Eduardo Campos, esta investigação foi considerada uma das maiores no combate ao microtráfico na região da feirinha já realizada em Araguaína. “Por quase 10 meses com técnicas especiais e modernas de investigação, as quais permitiram o monitoramento dos criminosos enquanto realizam a venda de drogas entre os becos e vielas da região”, afirmou.

Conforme o Delegado Alexander Costa da 2ª DENARC, o grupo criminoso identificado é bastante extenso e atuava de forma ininterrupta, havendo, inclusive, uma espécie de escala de horário entre os traficantes. “Alguns atuavam apenas durante o dia, enquanto outros assumiam o turno da noite”, ressaltou.

Após os procedimentos, os homens foram encaminhados para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA) e as mulheres para a Unidade Prisional Feminina de Babaçulândia.

Ao final das investigações, os suspeitos  serão indiciados pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico, podendo ser condenados à pena máxima de 25 anos.

 

AO VIVO