Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
23ºmin
REPERCUSSÃO

“Pintor Comilão” visita Tocantins e chama atenção em churrascaria da capital

28 setembro 2021 - 09h08Por Ascom

No domingo, 26, o pintor João Carlos Apolonio, mais conhecido como o Pintor Comilão, esteve em Palmas e almoçou na Churrascaria Portal do Sul.

O pintor que foi do anonimato à fama em um dia, ficou conhecido em agosto deste ano, depois de participar de um rodízio de massas em um restaurante de São Paulo em que foi expulso depois de ter devorado 15 pratos.

João foi recebido com grande prestígio no local, concedeu entrevista para a imprensa, posou com alguns fãs, e, claro, não perdeu a chance de fazer o que mais gosta, comer muito.

O pintor contou sobre a sua paixão por comer e suas expectativas na vinda para o Tocantins. “Eu como bastante desde os nove anos de idade, comecei a praticar esportes desde cedo, então passei a sentir muita fome e comer muito. A minha vinda para o Tocantins é justamente para saber como anda a saúde do meu coração, e, além disso,  realizar o meu sonho de viajar de avião”, disse. 

Além de comilão, João é um atleta nato, possui experiência em Capoeira, Muay Thai, Judô, Jiu Jitsu, Luta Greco romana, Basquete e Pedal.

Durante a comilância, João não passou despercebido pelos clientes do restaurante, inclusive o proprietário, Loiri  Maronezi  que fez o convite, ficou impressionado. “Ele realmente faz jus ao nome, nunca tinha visto alguém comer tanto. E isso é bom, porque às vezes as pessoas têm vergonha de comer em locais públicos, e ele mostra para a gente que as pessoas podem ser quem quiserem aonde quiserem”, afirmou.

Todos os exames do check-up cardiológico do pintor foram realizados na Clínica Dr. Henrique Furtad. O Dr. Henrique conheceu a história do João pelas redes sociais e, em uma viagem a Bauru, encontrou o pintor comilão em um restaurante. O médico especialista em saúde do coração, preocupado com o fato de João comer demais, fez o convite para que ele fizesse um check-up na Clínica.

Quanto aos resultados dos exames, esses foram surpreendentes. “O João possui essa característica de comer muito, então nós fizemos um ecocardiograma para analisar todas as válvulas do coração e a função do músculo. É inacreditável como todas as válvulas dele estão normais e o músculo do coração é muito forte. Fizemos um exame para saber se ele possui alguma arritmia e nada foi constatado. Fizemos também um exame de pressão de 24h para saber se ele é hipertenso e tivemos outro resultado satisfatório.  E por fim, realizamos uma esteira e percebemos que o coração dele reage muito bem ao esforço físico”, pontuou o cardiologista.

Dr. Henrique destacou a importância do check-up cardiológico realizado. “Isso é muito importante para que possamos entender que não são todas as pessoas que não podem comer por exemplo, uma picanha. Tudo depende do histórico familiar, da carga genética e outros fatores.  E felizmente o coração do João está numa situação bastante favorável”, acrescentou.

Para o exame de sangue, João contou com toda a praticidade do laboratório parceiro da Clínica, que coletou o material no Hotel Girassol Plaza, onde ficou hospedado.

A vinda do João Carlos, o Comilão, para Palmas contou com o apoio da Liga Acadêmica de Cardiologia da UFT, coordenada pelo Prof. Dr Henrique, do Hotel Girassol Plaza, da Churrascaria Portal do Sul e da Clínica Dr. Henrique Furtado. Conheça mais sobre a história de vida do João, acessando seu perfil no Instagram: @pintorcomilao.

AO VIVO