Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
32ºmax
22ºmin
TREINAMENTO MILITAR

Araguatins: 4ª CIPM finaliza treinamento de tiro com militares da unidade

15 abril 2011 - 09h35

O comando da 4ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), finalizou na quarta-feira, 13, a última instrução e treino de tiro dividido em sete etapas ministradas pela equipe do Policiamento da Área Bancária (PABAN) a qual atua em ocorrências de maior gravidade em que exige uma pronta atuação e resposta por parte da Policia Militar na área da 4ª CIPM.

Ao todo, foram quase 200 policiais militares que participaram da instrução e foram efetuados cerca de 10.000 disparos de arma de fogo incluindo todos os calibres. A primeira e segunda etapa realizada nos dias 22 e 23/03 participaram os policiais militares do 1º Pelotão e o Pelotão de Comando e Serviço (PCS) lotados na sede da OPM.

As outras etapas ocorridas nos dias 05 à 07, 12 e 13/04, foram ministradas instruções aos policiais militares pertencentes ao 2ª Pelotão Destacado sediado na cidade de Augustinópolis-TO e o 3ª Pelotão com sede no município de Bela Vista, pertencente a cidade de São Miguel, ambas no Tocantins.

As instruções foram divididas em dois períodos, pela manhã os militares recebiam instruções teóricas de como manusear, montar e desmontar as armas usadas no treinamento e no dia a dia da atividade policial, incluindo o emprego da mais nova arma não letal adquirida pela Polícia Militar do Estado, a qual funciona através de choque elétrico –Taser x26, ela é de Pressão por Ação de Gás Comprimido, que emite “ondas T” (forma de onda semelhante à onda cerebral), com ação direta sobre o sistema nervoso motor do oponente de forma a paralisá-lo sem causar dano físico em decorrência da mesma.

Em todas as aulas práticas, a PM contou com o apoio do Hospital Municipal de Araguatins, viabilizando um enfermeiro para acompanhar o treino a fim de dar assistência a algum policial militar que viesse se ferir durante as instruções, as quais transcorreram sem nenhum registro de caso.

Para o Comando da 4ª CIPM, tenente coronel Murussi, o resultado das instruções foi satisfatório, pois trouxe uma melhor atuação e desempenho do policial militar frente as atividades que exige capacitação e técnica, especialmente em ocorrências que se faz necessário o emprego do uso de arma de fogo e arma não letal. (Ascom/4º CIPM)

AO VIVO