Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
30ºmax
22ºmin
Ethos Comunicação
Assembleia Legislativa
COLUNA

Opinião Formada

POLÊMICA

Jorge Frederico critica Valuar e convoca secretário para esclarecimentos

14 fevereiro 2011 - 17h03

Da Redação


Na manhã desta segunda-feira, 14, a equipe de reportagem do Portal O Norte esteve na Câmara Municipal e entrevistou o vereador peemidebista, Jorge Frederico, que entre outras questões, expôs sua opinião a respeito dos projetos elaborados pela atual gestão Municipal que apresentam divergências, bem como a situação desportiva do município que se encontra em uma situação precária.


Durante a sessão realizada nesta manhã na Câmara de Vereadores do Município, houve várias discussões voltadas para questões da gestão Municipal. Um dos assuntos mais polêmicos discutidos hoje na Casa foi a respeito de projetos que o executivo tem enviado para a aprovação dos vereadores. 

Ainda na sessão, o secretário de Governo do Município, Zildomar Dias de Almeida, afirmou que tem faltado diálogo do Poder Executivo com o Legislativo do Município. Tendo em vista as afirmações de Zildomar, o vereador Jorge Frederico que foi líder de governo no primeiro ano de mandato do prefeito Félix Valuar Barros (DEM), declarou em entrevista ao Portal que falta habilidade e sobretudo competência da administração e justifica sua afirmação dizendo: “Precisamos votar projetos na Câmara que realmente beneficiem a comunidade. O Executivo Municipal tem mandado projetos mal elaborados que praticamente não tem como colocar em atividade. Então está faltando o prefeito tomar as rédeas de sua administração e fazer com que sua gestão atenda aos anseios da sociedade de Araguaína”.

Permutas de lotes
Foi enviado à Câmara Municipal para ser votado pelos pares da Casa o projeto do Executivo Nº 069/10, tratando da permuta de um lote localizado no setor Parque Sonhos Dourados, que foi invadido em uma Área de Proteção Ambiental. O invasor então propôs à prefeitura trocar o lote por outro localizado em uma área regulamentada, o projeto foi encaminhado à Procuradoria Geral do Município que apresentou um parecer desfavorável à troca, ainda assim, o Executivo deu erroneamente continuidade à questão, enviando o projeto ao Legislativo onde também foi retirado pelo vereador, líder do Governo na Câmara, Mané Mudança (DEM), devido à divergência citada acima. Sobre a questão, Jorge Frederico, simplesmente lamenta a forma como tem sido conduzido os trabalhos na gestão atual depois de mais de dois anos de mandato.


Casas populares
Semana passada o Secretário de Desenvolvimento Social e Habitação, Jota Patrocínio, esteve na Câmara prestando contas de sua gestão frente à Secretaria. E o próprio Jorge Frederico havia questionado a entrega de casas populares que até o momento não foi realizada. O vereador diz que observa a boa vontade de Jota Patrocínio em fazer com que a Secretaria funcione, porém, destaca que é necessário que cobranças sejam feitas e resultados apresentados: “A população nos cobra e nós temos o dever de cobrar de quem tem a responsabilidade. Somos atentos ao fato de que estamos com 26 meses de administração e até o prezado momento, nenhuma casa popular foi entregue. A Secretaria sequer conseguiu construir uma casa, enquanto isso o déficit habitacional só vem crescendo na cidade”, declara.
 

Falta de incentivo ao esporte
Antes do término da reunião plenária, Jorge Frederico entrou com um requerimento solicitando a presença do secretário de Esportes do Município, Altair Bandeirada, amanhã, 15 e em entrevista ao Portal explica um dos motivos de sua convocação. Jorge Frederico afirma que apesar dos esforços do secretário, não tem percebido resultado algum de incentivo ao esporte na cidade, reclamando ainda da infraestrutura dos campos de futebol recentemente construídos pelo Município. “A situação desportiva em Araguaína está precária. Além de não existir no município incentivo a outras modalidades esportivas, vemos os campos, que há tão pouco tempo foram construídos com dinheiro público, simplesmente sem funcionalidade, porque não tem condição estrutural nenhuma de serem utilizados” e finaliza destacando que é preciso discutir a viabilidade das ações da Secretaria de Esportes que é de fundamental importância para o desenvolvimento do Município.


AO VIVO