Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(63) 99292-6165
Araguaína
32ºmax
23ºmin
COLUNA

Opinião Formada

POLÊMICA

Gerônimo classifica Secretaria de Nahim Halum como “à toa e malandra”

11 abril 2011 - 13h31

Alessandro Sachetti
Da Redação


Na sessão da Câmara dos Vereadores da manhã desta segunda-feira, 11, o vereador Gerônimo Cardoso (PMDB), no uso da palavra, citou o relatório das ações desenvolvidas pela Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo. O relatório foi motivo de chacota pelo vereador, que em tom irônico, ao fazer a leitura das ações da citada Secretaria no ano de 2011, classificou-as como desnecessárias e inconclusivas, além de, segundo ele, não serem ações que trazem crescimento ou qualquer outra vantagem ao município: “A Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo deveria chamar-se Secretaria à toa e malandra do município de Araguaína. Isso é uma vergonha! O gasto dessa Secretaria, para termos uma ideia, com salário de funcionários gasta-se mensalmente R$ 14.400,00, o salário do secretário é de R$ 8.000,00. Apesar da grande arrecadação do município, a sensação que se tem é que o dinheiro está indo pelo ralo. O secretário estaria negociando publicidade para sua empresa local. Ou colocamos gente quem trabalha ou extinguimos essa Secretaria que nada faz. É uma vergonha recebermos um relatório desse porte de uma Secretaria tão importante. O Turismo em Araguaína hoje é para que as pessoas conheçam como uma cidade tão rica pode ser tão mal administrada. E parece que o prefeito nada vê”, apontou o vereador.

Diário Oficial Online
Foi aprovado em 3ª votação e por unanimidade o projeto de nº 014/011 que rege a criação da Imprensa Oficial Municipal online. Como esta 3ª votação é a última e definitiva aceitação pela Câmara, o projeto volta para o Executivo com as alterações formuladas pelos vereadores Soldado Alcivan (PP) e Divino Bethânia Jr. (PP) em forma de emendas e espera agora a sanção ou veto do prefeito Valuar Barros (DEM).

Projeto Família Acolhedora
Foi colocado em discussão o projeto de nº 017/011, que trata da “Guarda temporária subsidiada de criança e adolescentes – Família Acolhedora”, este projeto é de autoria do Executivo Municipal. A pedido do presidente da Câmara, vereador Elenil da Penha (PMDB), o projeto foi encaminhado para as comissões competentes e deve passar por análise do Procurador Jurídico da Câmara Municipal, para então voltar à discussão na próxima semana.

Aumento salarial para rede municipal de ensino
Como noticiado em primeira mão pelo Portal O Norte, foi discutido o requerimento de nº 247/011 que trata de aumento salarial e reestruturação administrativa dos professores da rede municipal de ensino (Leia a matéria aqui). O requerimento foi retirado da pauta pelo seu autor, o vereador Jorge Frederico (PMDB), para que seja reapresentado na próxima sessão, contendo os valores exatos dos aumentos sugeridos pelo autor.

AO VIVO