Menu
Busca quarta, 23 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
23ºmin
DIA MUNDIAL DA SAÚDE

Aumenta o número de idosos que praticam atividades físicas em Araguaína

07 abril 2011 - 12h10

Daniel Lélis
Da Redação

 

A importância de praticar atividades físicas é lembrada durante toda esta semana, já que nesta quinta-feira, 7, é comemorado o Dia Mundial da Saúde.

Foi-se o tempo em que as pessoas consideravam de menor relevância exercitar o corpo. Nos dias de hoje, a preocupação em realizar ao menos uma atividade física rotineiramente é cada vez maior. E não importa a idade. Especialmente em Araguaína, a busca por qualidade de vida tem levado um número significativo de pessoas que já atingiram a meia idade a sair do sedentarismo.

Prova disso é o casal Epaminondas de Andrade, 74 anos e Valquíria de Andrade, 71 anos, que todos os dias fazem caminhada na Marginal Neblina. O casal leva à sério a recomendação de especialistas os quais afirmam que praticar exercícios regularmente faz bem para o corpo e para a mente e melhora a autoestima: “É fundamental para a saúde”, conta Epaminondas. “É indispensável em qualquer idade”, completa a esposa.

Ricardo Kendy, professor instrutor da Alfa Academia, uma das mais frequentadas de Araguaína, destaca: “Cada vez mais temos notado a presença de idosos por aqui, o que mostra o interesse crescente dessas pessoas por se exercitar. Eles geralmente são os mais empolgados”, afirma. Ainda de acordo com Kendy, cerca de 30% daqueles que frequentam a academia tem idade superior aos 50 anos.

Benefícios da atividade física
Segundo os especialistas, a atividade física regular ajuda a pessoa a atingir e manter um peso saudável. Quem pratica exercícios físicos frequentemente, além de ter mais energia, melhora o humor e tem menos riscos de desenvolver doenças crônicas.

No que diz respeito a memória, é importante destacar que há vários estudos que comprovam que uma atividade física regular estimula as funções cerebrais em idosos, o que diminui em muito o risco de demência.

AO VIVO