Menu
Busca domingo, 26 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
24ºmin
INVESTIGAÇÃO

Dono de açougue é preso suspeito de comprar quase 30 cabeças de gado furtadas

15 setembro 2021 - 17h39

A Polícia Civil recuperou 28 cabeças de gado que haviam sido furtadas de uma fazenda, localizada na cidade de Sucupira, no último dia 28 de agosto. A ação de investigação foi realizada em conjunto por policiais de Sucupira, Aliança e Gurupi.

Comandadas pelo delegado regional, Joadelson Rodrigues Albuquerque, os policiais conseguiram localizar o paradeiro dos animais, que estavam em uma fazenda, situada entre os municípios de Crixás e Santa Rita do Tocantins. Na ocasião, um homem de 48 anos, que é o proprietário da referida fazenda, foi preso em flagrante pelo crime de receptação de animais.

Segundo o delegado, as investigações sobre o fato foram iniciadas logo depois que a vítima compareceu até a sede da 93ª DP e informou que 34 cabeças de gado haviam sido subtraídas de sua propriedade rural, que fica localizada a aproximadamente 20 km da área urbana do município de Sucupira.

“Com base no relato da vítima e também de posse das características dos animais, montamos uma força-tarefa que envolveu policiais civis de Sucupira, Aliança, Santa Rita e Gurupi, no sentido de encontrar o paradeiro do gado furtado”, afirmou a autoridade policial.

Na última terça-feira, 14, as investigações da PC apontaram que o gado estaria em uma fazenda na zona rural entre Santa Rita e Crixás. Acompanhados pela vítima, os policiais civis foram até o local e encontraram duas novilhas furtadas.

Os investigadores identificaram o dono da propriedade rural, que possui um açougue na cidade de Crixás. Ao ser questionado, o homem admitiu que havia comprado 28 cabeças de gado de um indivíduo conhecido apenas como Formigão e que havia pago R$ 8 mil à vista e o restante, mais R$ 72 mil, parcelado e dado cheques pré-datados, totalizando R$ 80 mil pagos pelos animais.

Preso em flagrante, o homem foi encaminhado até a sede da Central de Atendimento da Polícia Civil, em Gurupi, onde foi autuado pelo crime de receptação de animais. Após a realização das providências, o suspeito foi encaminhado à Casa de Prisão de Gurupi, onde aguardará manifestação da Justiça.

O gado foi periciado e já foi restituído ao verdadeiro proprietário. As investigações continuam a fim de que a Polícia Civil possa identificar os autores do furto dos animais.

Para o delegado Joadelson Rodrigues Albuquerque, a localização e a recuperação das 28 cabeças são ações muito expressivas, visto que esse tipo de crime, bem como o abigeato (quando os animais são abatidos nas propriedades para que os autores levem somente a carne) tem ocorrido em propriedades rurais do Tocantins com certa frequência.

“A Polícia Civil do Tocantins está atenta e vigilante no sentido de não permitir que esses tipos de crimes proliferem em nosso estado. Para isso, estamos intensificando as investigações no sentido de localizar e efetuar as prisões de pessoas que ainda praticam esse tipo de crime”, disse o delegado.

Parte do gado furtado estava em uma fazenda na zona rural de Santa Rita - SSP/Governo do Tocantins

 

AO VIVO