JBS Coronavírus
Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
32ºmax
21ºmin
"GROTESCO!"

Foliões atingidos por gás de pimenta criticam abordagem de PMs em festa de pré-carnaval

20 janeiro 2020 - 10h03

Uma festa de pré-carnaval em Palmas terminou em tumulto e confusão na noite de sábado (18), no bar Mujica em Palmas, onde participantes foram atingidos por gás de pimenta lançado por policiais militares durante abordagem no local. As informações são do Jornal do Tocantins (JTo). 

O episódio aconteceu por volta de 23h40. Segundo testemunhas, militares faziam ronda na região quando passaram em frente ao bar que estava lotado. As pessoas que estavam na rua abriram espaço para as duas viaturas passarem e logo depois eles teriam voltado, ligado a sirene, saíram do veículo e lançaram spray de pimenta para dispersar a multidão. 

Uma das pessoas atingidas foi a estudante Thaís Santos (26 anos), que em entrevista ao JTo disse que tentou escapar das borrifadas mas acabou afetada, o que resultou em muita tosse e incômodo nos olhos. Thaís afirma que não estava acontecendo nada de anormal no local e questionou a atitude dos PMs: “Foi uma abordagem grotesca e antiprofissional”.

Um outro folião que estava na festa, Matheus Sabóia (23 anos), também foi atingido. Ele relatou que os policiais desceram do carro armados com uma espingarda provavelmente com balas de borracha um deles chegou a atirar pra cima. 

Matheus disse ainda que passou mal por cerca de 10 minutos. Ele estava com uma amiga que também não se sentiu bem. O estudante contou que os dois sentaram até passar o mal estar causado pelo spray e logo depois foram embora. 

Nas redes sociais, internautas relataram o ocorrido e lamentaram a interveção da polícia. 


Nota Mujica

Em nota publicada no Twitter, o Mujica lamentou o ocorrido e destacou que repudia "veementemente toda e qualquer forma de violência física e mental". 

(Foto: Reprodução Twitter)

O Portal O Norte procurou a PM para se posicionar sobre o caso e aguarda resposta. 

AO VIVO