Menu
Busca quarta, 16 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
34ºmax
23ºmin
Assembleia Legislativa - Emendas para saúde

Tentativa de fuga frustrada de presos em Tocantinópolis

27 novembro 2010 - 08h13

Numa operação conjunta das Polícias Civil e Militar, foi frustrada uma tentativa de fuga de presos da Delegacia de Polícia de Tocantinópolis, no começo da tarde desta sexta-feira, 26. Por volta do meio-dia. Os presos Jardim Pereira de Jesus, 25 anos, e Carlos Roberto Silva Araújo, vulgo “Gordo”, 18 anos, tentaram fugir da cela de número 3, da carceragem da delegacia, onde permaneciam presos por roubo e tentativa de latrocínio, respectivamente.

Com eles, na cela, haviam mais quatro presos, no entanto, somente os dois tentaram fugir. Para tentarem a fuga, os presos fizeram um buraco na altura do espelho da cama em que dormia um deles, com uma ferramenta artesanal conhecida como “chuço”, pelo qual um deles, Jardim, conseguiu passar, pular o muro da carceragem, que contém uma cerca elétrica, pular ainda um segundo muro da delegacia e ganhar as ruas da cidade.

Ele chegou a fugir em seguida para a Vila Tibério Azevedo, onde foi localizado dentro de um matagal pelos agentes da polícia Civil e Militar, após denúncia de populares. Em seguida, o fugitivo foi levado para a Delegacia de Polícia. Já Carlos Roberto, por ter maior porte físico,
Os dois já vinham cavando o buraco fazia quatro dias, conforme relatou o próprio Jardim, e, nesta sexta-feira, após concluir o trabalho de escavação, resolveram tentar a fuga.

À frente da operação de captura estavam o Comandante da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), major PM João Márcio Costa Miranda, e o chefe da Carceragem da Delegacia, agente carcerário Gilmar Oliveira Ferreira. Os presos foram apresentados ao plantão da Delegacia de Polícia, onde tornaram a permanecer sob a custódia da Justiça do Estado. (Da Assessoria de Comunicação da 5ª CIPM)
 

Ao Vivo